publicidade
28/06/2018 15:13

Punições para quem passa em área asfaltada fora da pista geram polêmica no Sul-Americano Rotax


Foto: Erno Drehmer

Briefing do Diretor de Prova com os pilotos


Os treinos oficiais continuam de forma intensa no Kartódromo Granja Viana, onde está se realizando – pela segunda vez no Brasil – o Campeonato Sul-Americano Rotax. Sete categorias e cerca de 130 pilotos estão na pista, praticamente todos – exceto a Mini Max – em busca da vaga para o Rotax Max Finals, o Mundial Rotax, que será realizado na Paraíba no final do ano.

Entretanto, uma polêmica se instalou e diz respeito a punições, desta vez individuais e não para toda uma categoria, como falamos na matéria anterior.

Como em muitas pistas, na Granja Viana existem saídas de curvas após as zebras que são asfaltadas principalmente por uma questão de segurança. O asfalto, assim, evita rodadas desnecessárias quando os pilotos saem da pista. O que antes era terra, agora é asfalto.

Pois bem. Por regra, que diz que “pista é tudo aquilo que está entre as duas linhas brancas”, não é permitido, em condições normais, “pisar” nesta área asfaltada, já que ela não é pista.

No briefing que Ramiro Brito, o diretor de provas, fez com cada categoria em separado na terça-feira, ficou avisado que haveriam punições caso isto ocorresse. E estas, que começam com uma advertência e terminam na perda de treinos, começaram a ser aplicadas nos treinos de hoje.

Na tomada de tempos, que será realizada amanhã, a primeira “pisada” fora gerará uma advertência, a segunda incorrerá na perda da melhor volta e a terceira fará com que o piloto perca a tomada de tempos inteira. Nas corridas, a escala passa a ser advertência, 5 segundos de penalização e desclassificação.

Entretanto, ainda que não discordem da regra e especialmente das punições, os pilotos reclamam que enquanto alguns são punidos, outros não são. E assim cria-se a sensação de injustiça. Há também, dentro da alegação dos pilotos, a falta de advertência no primeiro erro, e que, por isso, ficam surpresos ao serem comunicados oficialmente de que não poderiam seguir nos treinos, alguns em um, outros em dois e outros até mesmo em três.

Nesta quinta-feira a verificação de quem está saindo para um lugar proibido está sendo feita visualmente.

Após tudo isto, conversamos com um dos Comissários Desportivos, que são a autoridade máxima de um evento automobilístico. E apuramos que a regra permanecerá sendo utilizada, como não deveria deixar de ser, e que nesta sexta-feira e sábado, dia de tomadas de tempo e corridas, haverá também a apuração através de câmeras.

RESULTADOS – Como necessitamos digitar nome por nome, tempo por tempo, treino por treino, e  temos cerca de 40 treinos por dia, ficou impossível postarmos os resultados. Por isso, indicamos que acessem o Race Monitor para conferir os resultados de cada atividade.

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • Não há comentários cadastrados até o momento!