publicidade
20/02/2019 12:08

Vitor e Felipe Batista disputarão a temporada da Porsche Cup pela Academia Shell


Foto: Beto Santana

Vitor e Felipe Baptista


Depois de conquistar seu primeiro título com carros de corrida na Porsche Cup em 2018 com Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta, a Academia Shell Racing chega com a expectativa em alta e aposta na renovação para a temporada 2019. Pelo segundo ano consecutivo a marca estará presente nos grids das classes Carrera Cup 3.8 e Carrera Cup 4.0 e agora será representada pelos irmãos kartistas Felipe e Vitor Baptista.

Os dois venceram as seletivas da Porsche Cup para jovens pilotos e correm com subsídios da categoria. Vitor foi o primeiro grande campeão do Junior Program e Felipe conquistou a vaga para competidores recém-saídos no kart na segunda edição da seletiva.

Aos 15 anos de idade, Felipe parte para seu terceiro ano completo na Academia Shell. Ele vem credenciado por expressivos resultados no kart. Em 2017 e 2018 foi o piloto que mais provas venceu com as cores da Shell, indo ao degrau mais alto do pódio 33 vezes e conquistando os títulos do Campeonato Brasileiro nas categorias Graduados e Sudam Júnior; da Copa KGV e duas vezes da Copa São Paulo Light. Ele assume o carro #121 e vai disputar a Carrera Cup 3.8, justamente a classe vencida por seu irmão no ano passado.

Vitor Baptista retorna à Academia Shell Racing nesta temporada e foi promovido para a classe 4.0, a principal divisão profissional da Porsche Cup. O competidor do carro #120 integrou o programa de desenvolvimento de pilotos da Shell em 2017, disputando meia temporada do Campeonato Brasileiro de Turismo (hoje Stock Car Light). Teve uma vitória, quatro pódios e três voltas mais rápidas. No ano passado, fez jus ao status de primeiro campeão do Porsche Junior Program e levantou o título na classe 3.8, catapultado por quatro vitórias e sete pódios em 12 corridas.

Aos 20 anos de idade, Vitor tem currículo respeitável, com os títulos da F3 Brasil Light em 2014 e da Euroformula Open em 2015. Em sua trajetória nos monopostos teve ainda passagem pela Fórmula V8 3.5, a antiga World Series.

Os dois irmãos preenchem os critérios de idade para participar da seletiva global do programa de jovens talentos da Porsche, o “shootout”. Realizada anualmente no segundo semestre em algum circuito europeu, a fase global é disputada por pilotos indicados pelos promotores locais da Porsche Carrera Cup ao redor do mundo. O vencedor ganha subsídios para disputar corridas internacionais com a marca (por exemplo, na Porsche Supercup) e a chance de ser um piloto oficial de fábrica da montadora.

A primeira aparição de Vitor e Felipe Baptista como representantes da Shell na Porsche Cup acontece nesta semana, em Interlagos. Os dois participam da pré-temporada da categoria, nos dias 20 e 21 de fevereiro.

A temporada de sprint (corridas curtas) da Porsche Carrera Cup tem em 2019 seis eventos, sempre com rodadas duplas. A primeira etapa é em Interlagos em 16 de março, depois a categoria passa por Curitiba (27 de abril), Velo Città (1º de junho), Termas de Río Hondo (3 de agosto) e retorna a Interlagos em 21 de setembro, para a seguir encerrar seu campeonato no evento suporte do GP Brasil de F1 em 17 de novembro.

“Estou muito feliz por voltar para a Academia Shell, já que participei do projeto em 2017, correndo na Stock Light. Agora estou colhendo novamente os frutos. Foquei o máximo possível no ano passado, o meu primeiro andando de Porsche, pela conquista do Junior Program, para conseguir me sagrar campeão na categoria 3.8. Neste ano avancei para a categoria 4.0 graças aos resultados de 2018 e vou continuar sendo o piloto oficial da Porsche no Brasil. Será muito especial representar a Academia Shell e correr junto com meu irmão. Não disputaremos a mesma categoria, mas vamos dividir o mesmo box. Essa parceria vai ser bem divertida, vai ser legal acompanhar o amadurecimento dele nessa sua nova fase da carreira. Vamos torcer pra dar tudo certo, estamos bem focados em fazer um grande trabalho na classe 4.0. E também sempre pronto pra ajudar o Felipe quando for preciso”, disse Vitor Baptista.

“Estou bem animado e muito feliz de acelerar de Porsche. É um carro muito forte, 450 cavalos, acredito que todo o piloto sonha dirigir um carro como esse e acho que vai dar tudo certo durante a temporada. Consegui me adaptar bem em todas as vezes que andei com o carro durante a seletiva do Junior Program. Agradeço à Shell por mais um ano e espero corresponder a esse novo desafio. Espero ser rápido desde a pré-temporada, aproveitando a ajuda do Dennis Dirani, do Max Wilson e do meu irmão, que é o atual campeão. Vou dar o meu máximo para manter a fase que vivi nos últimos dois anos e continuar conquistando vitórias e títulos com a Academia Shell”, declarou Felipe Baptista.

Fonte: Luís Ferrari

  • Não há comentários cadastrados até o momento!