publicidade
28/01/2020 10:55

João Pedro Jo conquistou pódio em sua estreia pela Júnior Menor no Troféu Ayrton Senna


Foto: Jackson de Souza

João Pedro Jo (9)


Abrindo as atividades do kartismo brasileiro em 2020, a 1ª edição do Troféu Ayrton Senna agitou o Speed Park, Kartódromo Internacional de Birigui, trazendo cerca de 180 competidores, dentre eles João Pedro, piloto de 11 anos que realizou sua estreia na categoria Junior Menor, se destacando entre os estreantes durante toda as atividades do evento.

Reunindo um dos maiores números de pilotos, a Júnior Menor teve um grid composto por 20 competidores, número que não intimidou João Pedro, mostrando garra e determinação, soube trilhar os contra tempos de seu novo desafio, e conquistar o primeiro pódio na temporada de 2020.

Sempre entre os mais rápidos nos treinos livres, João mostrou regularidade em todas as atividades oficiais de pista, quando obteve a marca do quinto tempo na tomada de tempos, se garantindo no Top Qualify da competição, onde acabou ficando com a sexta posição, para a largada da primeira corrida classificatória.

Tendo as duas classificatórias realizadas na tarde de sexta-feira, um incidente ainda na volta inicial da primeira classificatória fez João perder posições, chegando a ocupar a 15ª colocação. Apesar disso, o piloto aplicou um forte ritmo nas voltas seguintes, realizando uma grande prova de recuperação ultrapassando nove pilotos nas 15 voltas, recebendo a bandeira na mesma posição que havia largado.

Partindo da terceira fila para a segunda classificatória da competição, João Pedro Jo chegou a integrar o top 3 da corrida, mas fortes dores na costela limitaram o desempenho do piloto, que ainda assim ao final da corrida, garantiu a sexta posição para a largada da prova final.

O dia da grande Final teve início com o warm-up pela manhã, porém, João Pedro acabou completando apenas uma volta, por conta das fortes dores. Devido a essa situação, ele foi encaminhado para o hospital. Os exames clínicos e raio X não confirmaram nenhuma fratura ou fissura da costela, apenas uma lesão muscular. Indagado pelo pai se queria abandonar a prova final, João Pedro insistiu em tentar corrê-la. Assim, o piloto foi medicado e enfaixado, retornando ao kartódromo pouco antes da corrida decisiva no final da tarde.

Largando da sexta posição, João Pedro fez uma corrida de superação, ganhou posições, realizou disputas intensas dentro das dezenove voltas, recebendo o agito da bandeira quadriculada na quarta posição. Desta forma, subiu ao pódio e garantiu seu primeiro troféu do ano, sendo a primeira conquista em sua nova categoria, a Júnior Menor.

Foi uma estreia e tanto na Júnior Menor, batalhei e muito, pois a vontade era grande para começar o ano no pódio. Foram grandes barreiras e desafios, mas minha vontade de vencer foi maior”, disse João Pedro Jo.

“Também foi a minha estreia defendendo as cores da fábrica Thunder Racing Technology, e gostaria de agradecer todo apoio e voto de confiança. Agradeço também a minha equipe Nelsinho Competições, ao Alfredo e Fernando Tche por todo trabalho duro e dedicação comigo, e por acreditarem no meu potencial. Quanto a lesão, espero me recuperar rapidamente, pois logo já teremos o próximo desafio do ano”, concluiu o piloto.

Dentro de quinze dias, o piloto já retorna as pistas para a abertura da Copa São Paulo Light de 2020, que será realizada no Kartódromo de Interlagos.

Confira o resultado final da categoria Júnior Menor (top 10) na 1ª edição do Troféu Ayrton Senna:
1) Mateus Callejas – 19 voltas – 19:31.416s
2) Enzo Bedani – 12.637s
3) Alfredinho Ibiapina – 21.229s
4) João Pedro Jo – 23.745s
5) Marcelo Ribeiro – 26.191s
6) Sebastian NG – 26.326s
7) Ethan Nobels – 26.453s
8) Miguel Piovan – 31.415s
9) Vasco Pedro – 31.852s
10) Gabryel Romano – 33.596s

Fonte: BEcom

  • Não há comentários cadastrados até o momento!