publicidade
09/09/2020 07:04

Feliz com sua estreia no Sul-Brasileiro, Giovana Marinoski saiu fortalecida do Beto Carrero


Foto: Mario Ferreira

Giovana Marinoski


Giovana Marinoski, da equipe Clínica Pneumoair / Explore Informática, considerou profícua sua participação no 23º Campeonato Sul-Brasileiro e diz que sai fortalecida da competição encerrada segunda-feira, 7 de setembro, no Kartódromo Beto Carrero. Esta foi a primeira competição de âmbito nacional da jovem kartista paranaense.

Segundo Giovana, o fim de semana foi muito difícil e a falta de experiência atrapalhou um pouco. Nos treinos, ela chegou a estar entre os seis mais rápidos e na tomada de tempo ficou presa no trafego e só conseguiu a 17ª colocação. Na primeira bateria, disputada com chuva, rodou uma vez e se envolveu em um acidente, caindo para a última colocação, a 19ª. Na segunda bateria, largou em 19º e recebeu a bandeirada em 11º. Na soma das duas, largou em 15º na Final.

No entanto, logo no aquecimento o motor começou a falhar e foi necessária a troca, que geroy a perda de mais posições, largando novamente em 17º. A prova foi muito dura e Giovana enfrentou os mais experientes, concluindo a prova em 15º.

Giovana destaca que o fim de semana foi muito difícil e não conseguiu andar como esperava. “Mas estou muito feliz por andar entre os 20 melhores pilotos do Brasil. O Sul-Brasileiro foi minha segunda competição. Aprendi muito. Tive acertos e erros e vou procurar melhorar a cada dia. Só tenho a agradecer a minha família, meus patrocinadores, os amigos e todos os integrantes da equipe Cris Racing Team. Agora é pensar no Paranaense, que será no Raceland nos dias 18 e 19 deste mês”, acentua Giovana.

O campeão da categoria Cadete no Sul-Brasileiro é Christian Mosimann, que completou as 13 voltas em 13m30s413. O vice-campeão é Yuri Morelli, que chegou à 0s233 de Mosimann, ao passo que o terceiro colocado foi Francisco Camilo, que chegou a 5s600 do campeão. 

Fonte: Luiz Aparecido

  • Não há comentários cadastrados até o momento!