publicidade
20/06/2019 19:44

Sul-Brasileiro decepciona mais uma vez e reúne apenas 37 inscritos em sua 2ª etapa em Xanxerê


Foto: Divulgação

A bandeira de advertência serve como alerta aos dirigentes que comandam o Sul-Brasileiro


O Campeonato Sul-Brasileiro, que chegou a somar quase 200 pilotos em eventos em que servia como “open” de campeonatos nacionais e tranquilamente mais de 100/120 em etapas regulares, está reunindo 37 pilotos em Xanxerê (SC) para sua 2ª etapa. Obviamente este número poderá crescer amanhã, em seu segundo dia de atividades, mas dificilmente chegará a um final satisfatório.

Não somando mais do que 60 pilotos na etapa de abertura, o Sul-Brasileiro passou a ser disputado este ano em três etapas, o que o tornou mais caro, já que o custo de participar de etapa única obviamente se multiplicou por 3.

A óbvia conta é um dos principais fatores para o baixo número de inscritos, mas a isso se soma também o não aproveitamento da etapa catarinense como Open da Copa Brasil, no Beto Carrero, e da etapa paranaense como Open do Brasileiro, em Cascavel. Para tanto, bastaria que os dirigentes tivessem remanejado as datas pensando exclusivamente em manter o Sul-Brasileiro grande.

A rodada de abertura, no Velopark, serviu como Open do Sul-Americano. Porém, já desanimados frente ao custo triplo que teriam, os pilotos acabaram não “comprando” a ideia, tanto de participar como Open do evento internacional como a de participar ativamente do Sul-Brasileiro.

Lamentavelmente, constata-se que, enquanto alguns campeonatos como o SPR – administrado sob uma ótica extremamente positiva e pensando nos pilotos – crescem e vão se tornando exemplo, o Sul-Brasileiro vai de mal a pior, isso sem citar os campeonatos amadores, que vão dando show de organização a cada evento que realizam. Os exemplos estão aí, basta querer segui-los.

Confira os resultados dos treinos de hoje em Xanxerê:
Graduados | Júnior – Treino 1
1 (G) Victor Backes – 43.085
2 (G) Stefano Marins – 43.560
3 (G) João Pedro Bortoluzzi – 43.709
4 (J) Mayke Naderer – 44.101
5 (J) Pedro Aizza – 44.226
6 (J) Guilherme Backes – 44.311
7 (G) Gustavo Dal Pizzol – 44.756

Graduados | Júnior – Treino 2
1 (G) João Pedro Bortoluzzi – 42.734
2 (G) Stefano Marins – 42.955
3 (G) Victor Backes – 43.235
4 (J) Guilherme Backes – 43.452
5 (J) Mayke Naderer – 43.593
6 (G) Gustavo Dal Pizzol – 43.770
7 (J) Pedro Aizza – 44.235

Graduados | Júnior – Treino 3
1 (G) Victor Backes – 42.455
2 (G) João Pedro Bortoluzzi – 43.007
3 (G) Stefano Marins – 43.089
4 (J) Guilherme Backes – 43.211
5 (J) Mayke Naderer – 43.364
6 (J) Pedro Aizza – 43.401
7 (G) Gustavo Dal Pizzol – 43.529

Júnior Menor – Treino 1
1 Gonçalo Scherer – 40.905
2 Enzo Marins – 44.960
3 Bernardo Athayde – 44.965
4 Luís Eduardo Schons – 45.370

Júnior Menor – Treino 2
1 Enzo Marins – 44.498
2 Bernardo Athayde – 44.934
3 Luís Eduardo Schons – 45.196
4 Gonçalo Scherer – 45.713

Júnior Menor – Treino 3
1 Enzo Marins – 44.356
2 Bernardo Athayde – 44.882
3 Luís Eduardo Schons – 44.984
4 Gonçalo Scherer – 45.523

Mirim | Cadete – Treino 1
1 Alfredinho Ibiapina – 50.122
2 Romullo Ribas – 50.185
3 Akyu Myasava – 50.255
4 Lucas Zanella – 50.276
5 Gabriel Moura – 50.281
6 (M) Filipe Vriesman – 50.351
7 Igor Vacari – 50.539
8 (M) Pedro Caleffi – 52.010
9 Augusto Toniolo – 52.111
10 (M) Bernardo Weber – 52.362
11 (M) Vicente Piccinin – 52.663

Mirim | Cadete – Treino 2
1 Gabriel Moura – 49.916
2 Romullo Ribas – 49.978
3 (M) Filipe Vriesman – 50.054
4 Alfredinho Ibiapina – 50.081
5 Akyu Myasava – 50.132
6 Lucas Zanella – 50.137
7 Igor Vacari – 50.660
8 Augusto Toniolo – 50.964
9 (M) Bernardo Weber – 51.828
10 (M) Pedro Caleffi – 51.894
11 (M)Vicente Piccinin – 52.647

Mirim | Cadete – Treino 3
1 Gabriel Moura – 49.619
2 Alfredinho Ibiapina – 49.746
3 (M) Filipe Vriesman – 50.008
4 Lucas Zanella – 50.011
5 Akyu Myasava – 50.131
6 Romullo Ribas – 50.321
7 Igor Vacari – 50.588
8 Augusto Toniolo – 50.774
9 (M) Pedro Caleffi – 51.569
10 (M) Bernardo Weber – 52.028
11 Vicente Piccinin – 52.433

Sênior A | Sênior B | Super Sênior – Treino 1
1 (A) Daniel Tozzo – 44.417
2 (A) Carlos SG – 44.695
3 (B) João Willington – 45.095
4 (B) Marcelo Stefanes – 45.247
5 (A) Márcio do Lago – 45.305
6 (SS) Márcio do Lago – 45.306
7 (SS) Paulo Dias – 45.820

Sênior A | Sênior B | Super Sênior – Treino 2
1 (A) Daniel Tozzo – 43.711
2 (B) Marcelo Stefanes – 44.544
3 (A) Carlos SG – 44.626
4 (B) João Willington – 44.871
5 (A) Márcio do Lago – 44.890
6 (SS) Márcio do Lago – 44.892
7 (SS) Paulo Dias – 45.267

Sênior A | Sênior B | Super Sênior – Treino 3
1 (A) Daniel Tozzo – 43.941
2 (A) Carlos SG – 44.073
3 (B) João Willington – 44.541
4 (A) Márcio do Lago – 45.110
5 (SS) Márcio do Lago – 45.115
6 (SS) Paulo Dias – 45.174

F4 Graduados | F4 Sênior | F4 Super Sênior – Treino 1
1 (SS) Luciano Tavares – 47.427
2 (S) Eduardo Navarro – 47.458
3 (SS) Dagnor Schneider – 47.466
4 (G) Lucas Rauber – 47.674
5 (SS) César Santos – 47.742
6 (S) Azor Toniolo – 47.895
7 (G) Pedro Trevisol – 47.985
8 (SS) Sílvio Gallon – 48.406

F4 Graduados | F4 Sênior | F4 Super Sênior – Treino 2
1 (S) Eduardo Navarro – 46.928
2 (SS) Dagnor Schneider – 47.090
3 (G) Lucas Rauber – 47.157
4 (SS) Luciano Tavares – 47.190
5 (SS) César Santos – 47.559
6 (G) Pedro Trevisol – 47.808
7 (S) Azor Toniolo – 48.146
8 (SS) Sílvio Gallon – 48.283

F4 Graduados | F4 Sênior | F4 Super Sênior – Treino 3
1 (SS) Dagnor Schneider – 47.128
2 (G) Lucas Rauber – 47.189
3 (S) Eduardo Navarro – 47.206
4 (SS) Luciano Tavares – 47.413
5 (SS) César Santos – 47.433
6 (S) Azor Toniolo – 47.693
7 (G) Pedro Trevisol – 47.966
8 (SS) Sílvio Gazzon – 48.332

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer - Cronometragem: Cronospeed

  • Não há comentários cadastrados até o momento!