publicidade
30/08/2018 10:22

Lucas Staico subiu no pódio do Campeonato Sul-Americano depois de bela recuperação no Velopark


Foto: Jackson de Souza

Lucas Staico


Terminou no último fim de semana a edição 2018 do Campeonato Sul-Americano, que contou com a participação de 119 pilotos de seis países diferentes e teve como ponto alto a competitividade e, sobretudo, a representatividade do título.

Bicampeão Sul-Americano, vindo de uma temporada de resultados expressivos e, acima de tudo, amadurecimento, o jovem Lucas Staico (Sabiá Racing), de Belo Horizonte, chegou à Porto Alegre no princípio da semana disposto a acumular mais um importante resultado em sua temporada. As disputas aconteceram no Kartódromo Internacional Velopark, o mais extenso e um dos mais bem estruturados do país. Na categoria Codasur Júnior estiveram na disputa 26 pilotos de Argentina, Brasil, Chile e Uruguai.

Após ter conquistado o primeiro lugar na rodada de agosto da Copa São Paulo Light, Lucas chegou bastante animado para o Sul-Americano e, com isso, se destacou desde os primeiros treinos. Sempre com a atenção especializada da equipe Sabiá Racing e os ensinamentos de Cláudio Dantas, seu chefe de equipe, o jovem mineiro ficou sempre no Top 5 das quatro sessões livres e no resultado combinado foi o quarto colocado.

Na categoria Codasur Júnior os pilotos podem ter até 15 anos e, com isso, Staico, no auge de seus 13 anos, ergueu a cabeça e procurou se impor diante de concorrentes por muitas vezes até dois anos mais experientes que ele.

Assim, determinado, ele foi para a tomada de tempos e, com a marca de 1m15s504 na molhada pista gaúcha, estabeleceu o quarto melhor tempo, garantindo o direito de largar da segunda fila do grid das classificatórias.

As duas corridas classificatórias foram disputadas debaixo de muita chuva e um frio que, por muitas vezes, esteve abaixo dos 10 graus. Staico, apesar da experiência e toda a orientação recebida, acabou sendo vítima das péssimas condições da pista e foi envolvido em acidentes em ambas as provas, seguindo para a Pré-Final apenas na 21ª posição, com 40 pontos perdidos.

Sem desanimar e agora num cenário de sol e pista seca, Lucas alinhou seu kart para a corrida Pré-Final. Muito concentrado, o piloto do kart #71 fez uma excelente largada e, ao longo das nove voltas da prova, foi extremamente preciso e agressivo. Com ultrapassagens muito determinadas, o mineiro conseguiu superar nada menos que 16 concorrentes e finalizou a prova na quinta posição, entrando definitivamente na luta do primeiro pelotão.

Poucas horas depois foi dada a largada da corrida Final. Após partir da terceira fila, Staico buscou o melhor posicionamento e, volta a volta, mostrou todo o seu potencial. Quando teve oportunidade recuperou uma posição e, ao final da prova, recebeu a bandeirada em um comemorado quarto lugar.

“Estou muito feliz com a minha recuperação. Saí da pista na sexta-feira tendo sofrido duas batidas e sabendo que eu largaria na 21ª posição da Pré-Final. Encerrei o campeonato no pódio, em quarto, e levando um importante troféu para casa. Tenho certeza que poderia ter sido ainda melhor, porque meu kart na Final não era tão rápido quando na Pré-Final. Mas, diante de tudo o que aconteceu, foi muito bom. Agradeço à equipe Sabiá Racing, aos meus familiares e todos que torcem por mim. Realmente foi um campeonato de superação”, comemorou o garoto de 13 anos.

EM PREPARAÇÃO PARA A COPA BRASIL – De volta à Belo Horizonte, Staico estudou normalmente durante esta semana. Mas a partir desta quinta-feira (30) o jovem já estará novamente no cockpit de seu kart, já que neste fim de semana acontece a primeira rodada da Taça Minas no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano.

A competição, além de ser o mais importante campeonato de Minas no segundo semestre, servirá de preparação para a Copa Brasil, que será disputada nesta mesma pista, entre os dias 8 e 13 de outubro.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!