publicidade
04/08/2020 09:32

Sérgio Sette estreia na Fórmula E em maratona de seis corridas em nove dias na Alemanha


Foto: Spacesuit Media

Sérgio Sette Câmara


A região do antigo aeroporto de Tempelhof, em Berlim, na Alemanha, se tornará nos próximos dias um dos centros das atenções do automobilismo mundial. Naquele local está montado o circuito onde a Fórmula E fará as seis corridas que definirão o vencedor do título da temporada 2019/2020 da modalidade.

Vindo de uma carreira completamente dedicada aos carros monopostos e, após a obtenção da Super Licença para competir inclusive na Fórmula 1, o piloto brasileiro Sérgio Sette Câmara foi convocado pela equipe norte-americana GEOX Dragon para ocupar o seu carro #6 nas provas de encerramento da sexta temporada da F-E.

Sette foi contratado como piloto reserva e de desenvolvimento da equipe no princípio do ano. Seu primeiro contato com a categoria de carros elétricos aconteceu no começo do mês de março, em Marrakesh, na Turquia, quando no treino de pilotos estreantes conseguiu causar boa impressão ao encerrar o dia com o segundo melhor tempo. Neste meio tempo aconteceu a pandemia e adiamento/cancelamento de várias etapas e, com isso, os organizadores do campeonato conseguiram a liberação do poder público para realizar um super intensivo de seis corridas nos próximos dez dias. Assim, seguindo rígidos protocolos de segurança sanitária e sem a presença física de público, as provas acontecerão nos dias 5, 6, 8, 9, 12 e 13 de agosto.

Diante da singular oportunidade para sua carreira, Sérgio se preparou bastante nos últimos dias. Seja no simulador da equipe, no complexo do Autódromo de Silverstone, na Inglaterra, ou junto ao seu preparador físico, o brasileiro dedicou várias horas de seu tempo para estar 100% pronto para as corridas que estão por vir.

Na F-E a programação completa de cada etapa é sempre realizada em um único dia. Assim, em cada um dos dias de corrida o cronograma é composto por dois treinos livres, a sessão classificatória e a corrida. No decorrer das atividades os pilotos têm a possibilidade de, em momentos distintos, conseguirem potência extra na busca por posições.  O primeiro deles é o Attack Mode - em determinados pontos da pista, em locais fora do traçado ideal, os pilotos podem passar com o carro e, com isso, ganham potência extra nos próximos quatro minutos de competição. A outra situação de potência extra é para os três pilotos que ganham a votação do Fanboost, feita no site da categoria.

Além desses diferenciais, o piloto de F-E precisa se atentar a todo o tempo em modular o consumo de bateria com a potência de seu carro. Assim, a administração da corrida, aliada à técnica e arrojo de cada competidor, pode fazer toda a diferença no resultado final das corridas.

“A equipe e eu trabalhamos muito na sede de Silverstone e me sinto preparado para minhas primeiras corridas na Fórmula E. Depois do meu bom resultado em Marrakesh, estou animado para começar este novo capítulo da minha carreira em Berlim com a GEOX Dragon. Estou confiante de que poderemos sair dessas duas primeiras corridas na zona de pontuação”, comentou o jovem de 22 anos.

Confira abaixo a programação das duas primeiras corridas de Berlim (Horário de Brasília):
Quarta-Feira (5 de agosto)
03:55 – 04:55h. - Treino Livre 1 (YouTube / Facebook – Fórmula-E)
06:25 – 07:10h. - Treino Livre 2 (YouTube / Facebook – Fórmula-E)
12:00 – 13:30h. - Tomada de Tempos (Fox Sports)
13:30 – 15:30h. - Corrida (Fox Sports)

Quinta-Feira (06/agosto)
03:55 – 04:55h. - Treino Livre 1 (YouTube / Facebook – Fórmula-E)
06:25 – 07:10h. - Treino Livre 2 (YouTube / Facebook – Fórmula-E)
12:00 – 13:30h. - Tomada de Tempos (Fox Sports)
13:30 – 15:30h. - Corrida (Fox Sports)

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!