publicidade
21/02/2020 11:00

Sérgio Sette Câmara é anunciado como piloto de testes e reserva na Fórmula E


Foto: Divulgação

Sérgio Sette Câmara


Na manhã desta sexta-feira (20) a equipe norte-americana GEOX DRAGON, da Fórmula-E, anunciou a contratação do brasileiro Sérgio Sette Câmara como seu novo piloto reserva e de desenvolvimento. O jovem de Belo Horizonte irá desenvolver suas atividades no Campeonato 2019/2020 que teve início no último mês de novembro.

Após três temporadas no Mundial de F2, onde se tornou o único jovem piloto das Américas com a Super-Licença para a F1, Sette irá iniciar as suas atividades na Fórmula-E no dia 1º de março. Nesta ocasião serão realizados os testes coletivos da categoria, no circuito de Marrakesh, na Turquia. A bordo de um dos modelos Penske EV-4 da equipe ele terá a sua primeira oportunidade num carro monoposto elétrico.

Sérgio iniciou a sua carreira em 2007 nas provas de kart no Brasil e mudou-se para a Europa em 2014, ainda competindo de kart. No ano seguinte ele ingressou no Campeonato FIA F3. Após duas temporadas de sucesso no FIA F3, Sette Câmara seguiu para o Mundial de F2 em 2017 onde, até o fim de 2019, conquistou um total de três vitórias, 18 pódios e três pole positions. Nos dois últimos anos, ele teve ainda uma participação decisiva nas conquistas dos títulos de equipes em 2018 com a Carlin e 2019, com a DAMS.

'Mal posso esperar para pilotar um carro de F-E pela primeira vez. Já estamos desenvolvendo atividades na sede da equipe há algum tempo e trabalhar com a GEOX DRAGON, em Silverstone, tem sido uma grande experiência. Estou muito animado com a possibilidade de ajudar nas melhorias do PENSKE EV-4 nesta temporada. Agradeço a Jay Penske pela confiança e sou muito grato pela oportunidade de colaborar com a GEOX DRAGON. Esta será uma grande oportunidade para minha carreira. Estou ansioso pelo teste Marrakesh e animado para continuar meu trabalho de desenvolvimento e simulação na sede do time', comentou o piloto brasileiro de 21 anos.

Jay Penske, proprietário da GEOX DRAGON e PENSKE AUTOSPORT, comentou: 'Com a chegada de Sérgio à equipe temos a sorte de ter o que eu acredito ser a melhor formação geral e de testes da F-E. Sérgio é um jovem piloto muito promissor que demonstrou sua velocidade em todas as temporadas de fórmula em que competiu. Estou ansioso para ver os resultados de seu teste em Marrakesh. Junto a isso ele fará um trabalho muito importante desenvolvendo nosso pacote de corridas atual e as ferramentas de simulação para retornarmos ao topo da categoria mais competitiva do automobilismo'.

A DRAGON é uma equipe norte-americana fundada em 2007 por Jay Penske. Depois de muitos anos de sucesso competindo na F-Indy, a DRAGON se tornou uma das equipes fundadoras da FIA Formula E. A equipe está sediada em Los Angeles, Califórnia - o maior mercado metropolitano de veículos elétricos do mundo.

A equipe possuí também uma sede na tradicional Silverstone, no Reino Unido. A DRAGON é uma das equipes líderes no campeonato de Fórmula E, com o comando da Penske. A equipe foi vice-campeã na temporada inaugural da Fórmula E de 2014/2015 e quarta colocada na segunda temporada 2015/2016.

A DRAGON tem uma das equipes mais experientes no paddock de Fórmula E. Coletivamente, os membros da equipe DRAGON têm mais de 180 anos de experiência em corridas, com mais de 275 vitórias, 24 vitórias na Indy 500 e 17 campeonatos da F-Indy.

O Grupo GEOX é especializado em calçados clássicos e casuais para homens, mulheres e crianças na faixa de preço médio-alto. A empresa também atua no setor de vestuário. A corporação deve seu sucesso à sua constante abordagem orientada ao produto, incorporando soluções inovadoras e tecnológicas que garantem troca de ar e impermeabilidade. Seus produtos contam ainda com a inovação tecnológica contínua para impulsionar o crescimento futuro.

A GEOX é uma das principais marcas no mercado internacional de calçados casuais. As inovações da empresa são protegidas por até 35 patentes diferentes e 10 pedidos de patentes mais recentes.

Apesar de fundada na Itália, a GEOX sempre teve uma dimensão internacional: mais de 70% de sua receita é gerada no exterior e as vendas atingem mais de 110 países.

O Grupo possui uma estratégia de distribuição diversificada nos mercados únicos para garantir que a marca seja promovida de forma consistente entre os consumidores finais. 

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!