publicidade
07/10/2019 18:08

Sprint Race retorna às pistas na próxima semana com duas corridas no Uruguai


Foto: Luciano Santos

A Sprint Race voltará a agitar a fronteira entre o Brasil e o Uruguai e a ter motores em seu giro máximo com corridas repletas de competitividade. A temporada 2019 vêm apresentando um grande equilíbrio e têm tudo para fazer uma grande festa pela segunda vez em terras uruguaias nos dias 18 e 19 de outubro, no circuito de Rivera. Sendo que a primeira vez foi em maio do ano passado.

Os pilotos do campeonato da PRO e da GP, as duas categorias que compõem o calendário 2019 da modalidade, se preparam para uma disputa acirrada, que terá dupla importância, valendo tanto como a terceira e também como a última etapa da Sprint International Cup. As duas primeiras em provas inéditas foram em Homestead (EUA) e Sebring (EUA), e contará pontos para a sétima das nove etapas da competição - Overall (nacional e internacional).

Na classificação da PRO na Sprint International Cup, os pilotos João Rosate/Bruno Smielevski possuem 90 pontos, que são seguidos por Pedro Lopes, 63 pontos e Kau Machado/Dante Fibra, 58 pontos. Na categoria GP, os primeiros na tabela de classificação são Daniel Coutinho/Dudu Trindade, 90 pontos; Rafael Seibel/Max Papis, 71 e Caê Coelho/Adolpho Rossi, 56.

Na etapa em Rivera, a Sprint Race terá um convidado especial, o português Lourenço Beirão. O piloto foi o eleito para participar da Sprint Guest Driver Race, que acontecerá durante a disputa. 'Cada vez mais sigo os campeonatos brasileiros. Talvez pelo fato de ter amigos correndo, vejo a Sprint Race como uma categoria extremamente competitiva, com uma mistura de pilotos bastantes jovens e outros com muita experiência. Depois de saber que fui o escolhido, me informei melhor e existe um ótimo ambiente entre todos, mas com a competitividade sempre presente. Estou com muita vontade e curioso pela prova', afirma Beirão.

O português de 40 anos corre na International GT Open e detém pódios nos principais campeonatos de Gran Turismo europeus. 'Não espero facilidades. Vou correr em um carro e campeonato novo para mim, além de um circuito que não conheço. Creio que, com a experiência que tenho, vou ter que assimilar tudo rápido para tentar ser o mais veloz e competitivo possível. Bem sei que é só uma prova, mas a vontade de dar o meu melhor não dá para desligar. Acima de tudo espero me divertir. Quem sabe não será a primeira de muitas idas a correr em uma prova brasileira?', ressalta Lourenço Beirão.

A programação de preparação para a etapa no Autódromo Internacional Eduardo Prudêncio Cabrera começa no dia 18 de outubro (sexta-feira), quando Beirão acompanhará os pilotos titulares nos dois treinos oficiais e duas sessões classificatórias para se familiarizar com os detalhes do carro, em dois treinos oficiais e duas sessões classificatórias. As duas corridas acontecem no sábado, 19 de outubro.

Ano a ano a Sprint Race se aprimora naquilo que se propôs a fazer. Às máquinas, cuja pilotagem se assemelha aos modelos de fórmula, recebeu o volante com novo layout e câmbio Paddle Shift (Borboletas), soma-se as demais tecnologias já empregadas, como exemplo, mapeamento do motor e apêndices aerodinâmicos. É um modelo de competição extremamente seguro, por ser o único carro do Brasil a ser feito em aço inox.

As máquinas da Sprint Race – um verdadeiro carro de corrida – permanecem equipadas com motor V6 de 270 cavalos de potência, tendo transmissão específica para competição e chegando à velocidade máxima que se aproxima dos 250 km/h, sendo que uma das preocupações da organização é em relação a segurança e competitividade da categoria.

A Sprint Race Brasil conta com o patrocínio da aQuamec, Yokohama, Militec1, Permabond, Fremax, Motul e Vivamil.

Confira a classificação da Sprint Internacional Cup:

PRO
1) João Rosate/Bruno Smielevski, 90 pontos
2) Pedro Lopes, 63
3) Kau Machado/Dante Fibra, 58
4) Lucca Croce, 48
5) Eduardo Barrichello/Rubens Barrichello, 45
6) Gerson Campos/Brian Fowler, 44
7) Vinicius Kwong, 42
8) Allan Croce, 38

GP
1) Daniel Coutinho/Dudu Trindade, 90 pontos
2) Rafael Seibel/Max Papis, 71
3) Caê Coelho/Adolpho Rossi, 56
4) Josimar Jr, 54
5) Luiz Arruda, 44
6) Julia Piquet/Wagner Pontes, 38
7) Luca Milani / Roberto Milani, 37
8) Vinny Azevedo/Walter Lester, 24
9) Eduardo Menossi, 10

Fonte: Sig Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!