publicidade
29/10/2018 09:37

Rodada tripla com 100% de pódios em Mugello levou Gianluca Petecof ao 4º lugar ao final da temporada na F4 Italiana


Foto: Vicente Sfeir | Shell Racing

Pódio em Mugello, com Fittipaldi e Petecof


Em seu melhor fim de semana da temporada, Gianluca Petecof deixou Mugello, na Itáila, com três troféus: venceu no sábado, foi terceiro colocado na segunda prova e segundo na última corrida do ano. De quebra, gabaritou a categoria dos rookies, com três vitórias entre os estreantes na última etapa da Fórmula 4 Italiana.

A performance fez o representante da Academia Shell Racing saltar de sexto para quarto lugar no campeonato, vencido por Enzo Fittipaldi. Com os 186 pontos acumulados ao longo do ano, o competidor de 15 anos de idade foi o melhor estreante na classificação geral da concorrida categoria – eram 30 carros, com pilotos de 15 nacionalidades diferentes em ação em Mugello.

Com chuva forte antes da largada, o início da segunda corrida da etapa teve os carros comboiados pelo safety-car nas primeiras três voltas. Quando veio a bandeira verde, Gianluca superou o companheiro Oliver Caldwell por fora na curva 2 e a seguir se defendeu de ataque de Leonardo Lorandi para sustentar a vice-liderança.

Mas um incidente envolvendo múltiplos carros ainda na primeira volta de corrida efetiva obrigou a direção de prova a acionar a bandeira vermelha para desobstruir o traçado de Mugello. Assim, quando os carros relargaram, voltaram à ordem do grid, com Gianluca em terceiro atrás de Caldwell e Enzo Fittipaldi.

Quando, enfim, o safety-car recolheu para box, faltavam 5 minutos para a abertura da volta final. Lorandi se jogou por dentro na curva 3 e forçou ultrapassagem sobre o representante da Academia Shell Racing. A seguir superou Caldwell, que entrou na reta muito pressionado por Gianluca. O brasileiro então passou o britânico, recuperando o terceiro lugar. E levou o carro da equipe Prema até a bandeirada para conquistar seu segundo pódio consecutivo em Mugello e a segunda vitória do fim de semana entre os estreantes.

A última corrida da temporada também foi realizada em pista molhada e começou atrás do safety-car por duas voltas. Enzo Fittipaldi largou da pole, com Petecof completando a primeira fila 100% brasileira.

O piloto da Academia Shell largou bem e emparelhou com seu companheiro de equipe no contorno das duas primeiras curvas, mas foi obrigado a se contentar com o segundo lugar após o safety-car ser novamente acionado para a remoção de outro carro estacionado na área de escape.

Na abertura da quarta volta a corrida foi reiniciada, mas as condições de visibilidade e aderência eram complicadas, com a chuva apertando. À medida em que alguns carros aquaplanavam em plena reta, a direção de prova mandou de volta o safety-car para a pista. E assim a prova foi até a bandeirada, com Petecof em segundo no geral e vencendo novamente entre os estreantes. Fittipaldi conquistou a vitória na dobradinha brasileira e de integrantes da Ferrari Driver Academy.

“Sensacional! Esta última etapa foi incrível. No primeiro dia tivemos alguns problemas nos treinos, mas conseguimos superar tudo isso. Ganhamos a primeira corrida, depois fizemos mais dois pódios, em terceiro e segundo. Estou muito feliz também pelo Enzo, que foi campeão agora, e pela Prema, que conquistou o campeonato de equipes. Muito feliz por todo mundo e, claro, por mim, por terminar o campeonato em quarto lugar e como o melhor estreante na classificação geral. Agradeço à Academia Shell Racing por acreditar no meu potencial e pelo trabalho de todos na Ferrari Driver Academy ao longo deste ano”, declarou Petecof.

Fonte: Luís Ferrari

  • Não há comentários cadastrados até o momento!