publicidade
10/03/2021 16:48

Testes coletivos no Bahrein deixam Felipe Drugovich ainda mais confiante para sua segunda temporada na Fórmula 2


Foto: Dutch Photo Agency

Felipe Drugovich


Depois de passados pouco menos de três meses desde sua última ida à pista, Felipe Drugovich participou nesta semana das primeiras atividades da Fórmula 2 em 2021. No Bahrein, onde dentro de duas semanas será realizada a primeira rodada tripla da temporada, ele e sua nova equipe, a inglesa UNI-Virtuosi, integraram os testes coletivos da categoria em preparação para um ano que deverá ser intenso.

Os testes começaram na última segunda-feira (8) e foram encerradas nesta quarta-feira, após dois treinos diários, cada um com três horas de duração. Com vários objetivos, divididos nas mais diversas idas à pista, o piloto de Maringá (PR) e a UNI-Virtuosi chegaram a um balanço bastante positivo ao final dos três dias de atividade.

“Testamos tudo o que foi possível, passando pelo comportamento do carro com cada tipo de pneu, voltas efetivamente rápidas, simulação de corridas, procedimentos de largada, pitstops para troca de pneus e abastecimento. Enfim, testamos tudo o que nos foi possível”, contou Felipe Drugovich nesta quarta-feira. “Foi tudo dentro do previsto e tudo muito positivo. Acho que estamos bem preparados para a temporada”, completou.

Em 2020, sua temporada de estreia na última categoria antes da Fórmula 1, Felipe Drugovich foi um dos principais destaques ao conquistar uma vitória já em seu primeiro final de semana de corridas, na Áustria. Depois, ele repetiu a vitória em Barcelona e no Bahrein, além de conquistar a pole position em Silverstone. Sua ótima performance resultou em uma oportunidade para competir na equipe vice-campeã de 2020, com o inglês Callum Ilott.

Felipe Drugovich já havia tido seu primeiro contato com a UNI-Virtuosi nos testes de final de temporada, também no Bahrein em dezembro do ano passado. “Desta vez o contato foi ainda mais estreito e ainda melhor. Me senti ainda mais confortável dentro da equipe. Os testes de pré-temporada não ajudaram apenas a melhorar o carro e a minha guiada, mas também melhoraram a nossa conexão, nossa relação, e isto também foi muito positivo”, destacou o piloto brasileiro. “A temporada começa em duas semanas e, depois dos testes, estou ainda mais confiante”, finalizou.

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus; da Jaloto & Drugovich, destaque nacional no segmento de transporte de cargas paletizadas; e da Stilo, fabricante italiana de capacetes.

O calendário da Fórmula 2 para 2021:
1ª etapa – 26 a 28 de março – Sakhir (Bahrein)
2ª etapa – 20 a 22 de maio – Monte Carlo (Mônaco)
3ª etapa – 4 a 6 de junho – Baku (Azerbaijão)
4ª etapa – 16 a 18 de julho – Silverstone (Inglaterra)
5ª etapa – 10 a 12 de setembro – Monza (Itália)
6ª etapa – 24 a 26 de setembro – Sochi (Rússia)
7ª etapa – 3 a 5 de dezembro – Jeddah (Arábia Saudita)
8ª etapa – 10 a 12 de dezembro – Yas Marina (Abu Dhabi)

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!