publicidade
12/09/2020 17:09

Felipe Drugovich supera problemas no pitstop e finaliza em 4º na primeira prova da Fórmula 2 em Mugello


Foto: Dutch Photo Agency

Felipe Drugovich


Em mais uma jornada repleta de emoções e alternativas, a Fórmula 2 – categoria de acesso à Fórmula 1 – realizou neste sábado (12) a primeira prova de sua 9ª etapa da temporada, desta vez no Circuito de Mugello, na Itália. E o brasileiro Felipe Drugovich voltou a marcar pontos e, mais do que isso, finalizou muito próximo do pódio, na quarta posição.

O piloto da equipe holandesa MP Motorsport fez boa largada e se manteve em 5º para ainda nas primeiras voltas assumir o 4º lugar com uma ultrapassagem sobre o dinamarquês Christian Lundgaard. Na 10ª das 33 voltas previstas, Felipe Drugovich foi aos pits para a troca obrigatória dos pneus, mas a equipe demorou muito a devolver o piloto à pista, fazendo com que o brasileiro perdesse cinco posições.

O abandono de Giuliano Alesi, entretanto, causou a entrada do safety car, o que proporcionou a Felipe Drugovich a chance de voltar aos pits e novamente colocar os pneus de composto mole em seu carro. O piloto de Maringá (PR) voltou à pista em 13º e já na relargada superou quatro concorrentes para assumir a 9ª posição, mas um acidente nas primeiras curvas obrigou a Direção de Prova a acionar o safety car mais uma vez.

Felipe Drugovich novamente fez uma boa relargada e nas quatro últimas voltas ganhou várias posições até assumir o 3º lugar, pressionando fortemente o segundo colocado, o italiano Luca Ghiotto, mas vendo a chegada do suíço Louis Deletraz, que acabaria superando o brasileiro. Na bandeirada, Felipe Drugovich passou na quarta posição, novamente somando pontos para o campeonato.

“Larguei relativamente bem, mantive o quinto lugar, cheguei a estar em quarto e quando fui aos pits eu estava em segundo. Infelizmente, o pit stop foi horrível e perdi cinco posições”, relembra Felipe Drugovich, uma das sensações da Fórmula 2 em sua temporada de estreia na categoria, com duas vitórias e uma pole position. “O primeiro safety car ajudou, pois pude recolocar pneus de composto mole e voltar muito rápido. No fim de tudo, ainda dá para considerar que foi um bom resultado, mas poderia ter sido muito melhor”, finaliza o piloto, que neste domingo volta a largar na 5ª posição na segunda corrida da rodada, a Sprint Race, com 23 voltas.

A prova deste domingo em Mugello será transmitida ao vivo no canal da Fórmula 1 no YouTube – https://www.youtube.com/user/Formula1

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus; da Noma, destaque no segmento de implementos rodoviários; e da Stilo, fabricante italiana de capacetes.

Confira a programação da 9ª etapa da Fórmula 2 (horários de Brasília):
Domingo (13/9)
Corrida 2 – 6h55
– 23 voltas

O resultado da corrida de hoje em Mugello:
1 Nikita Mazepin (RUS) – Hitech Grand Prix – 33 voltas – 59:22.869
2 Luca Ghiotto (ITA) – Hitech Grand Prix – a 4.460
3 Louis Deletraz (SUI) – Charouz Racing System – a 4.519
4 Felipe Drugovich (BRA) – MP Motorsport – a 4.860
5 Mick Schumacher (ALE) – Prema Racing – a 5.374
6 Christian Lundgaard (DIN) – ART Grand Prix – a 7.825
7 Juri Vips (EST) – DAMS – a 8.353
8 Artem Markelov (RUS) – BWT HWA Racelab – a 10.172
9 Marcus Armstrong (NZL) – ART Grand Prix – a 10.434
10 Jehan Daruvala (IND) – Carlin – a 10.663
11 Nobuharu Matsushita (JAP) – MP Motorsport – a 11.100
12 Callum Illot (GBR) – UNI-Virtuosi – a 11.747
13 Pedro Piquet (BRA) – Charouz Racing System – a 11.757
14 Marino Sato (JAP) – Trident – a 12.428
15 Roy Nissany (ISR) – Trident – a 13.588
16 Yuki Tsunoda (JAP) – Carlin – a 14.112
17 Dan Ticktum (GBR) – DAMS – a 15.959
18 Guilherme Samaia (BRA) – Campos Racing – a 52.196
DNF Jack Aitken (GBR) – Campos Racing
DNF Guanyu Zhou (CHI) – UNI-Virtuosi
DNF Giuliano Alesi (FRA) – BWT HWA Racelab
DNF Robert Shwartzmann (RUS) – Prema Racing

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!