publicidade
30/11/2021 17:00

Lucas Staico anuncia participação na temporada de estreia da Fórmula 4 FIA no Brasil


Foto: Bruno Gorski

Lucas Staico


A temporada 2022 do automobilismo brasileiro está fervilhando em seus bastidores. Pilotos, equipes e promotores têm trabalhado de forma incessante para levar ao apaixonado público das corridas inovações realmente impactantes no que diz respeito aos eventos, visibilidade e atrações.

Nesse contexto, a maior novidade da próxima temporada nas pistas do Brasil será a estreia da Fórmula 4. Criada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para ser o primeiro passo dos pilotos após o kart, as competições desta classe já se tornaram realidade em várias partes do mundo, com grande sucesso por onde passam.

De olho no prosseguimento de uma carreira que conta com nada menos que 18 títulos, dentre eles o Bicampeonato Sul-Americano, o Tricampeonato da Copa Brasil e o cobiçado Campeonato Brasileiro, o jovem Lucas Staico, de Belo Horizonte, anunciou nesta terça-feira que fará a sua estreia na F4 Brasil.

Seguindo os passos de outro mineiro de grande sucesso nas pistas – Sérgio Sette Câmara -, Staico foi nos últimos anos o nome de maior destaque de Minas Gerais no cenário do kartismo brasileiro e até mesmo internacional. Em terras estrangeiras ele foi o representante brasileiro no FIA Academy Trophy, disputado anualmente na Europa, além de participações de destaque nos Estados Unidos, como no SKUSA e no Florida Winter Tour.

Em sua transição para os autódromos, Staico têm se dedicado bastante nos últimos meses para entender o funcionamento das máquinas, bem como das dimensões dos carros e formato das corridas. Em sua preparação para a temporada 2022, ele já participou de corridas da categoria Fórmula Delta e fez testes em um dos velozes carros da extinta Fórmula 3 Brasil.

“Estou muito feliz em anunciar que em 2022 eu serei um dos pilotos que entrarão para a história no primeiro grid da F4 Brasil. Participei de todos os passos da carreira de um piloto no kartismo e agora, naturalmente, seguirei para as categorias de fórmula. O equipamento que está sendo trazido para o Brasil é uma estreia mundial, um carro moderno, seguro e que, tenho certeza, auxiliará no meu aprendizado como piloto para os próximos desafios que estão por vir”, explicou o piloto de Belo Horizonte.

A Fórmula 4 Brasil utilizará o modelo F4 T-021, segunda e ainda inédita geração do chassi fabricado pela italiana Tatuus que estreará mundialmente a partir de 2022. Com um projeto orientado pelas novas especificações de segurança da FIA, os 16 carros que serão trazidos ao Brasil são dotados inclusive do halo, equipamento introduzido em 2016 pela entidade em suas principais categorias de monopostos e que desde então foi responsável por evitar ferimentos graves em dezenas de acidentes.

O motor será o Abarth-Autotecnica 1.4, com 176cv de potência e câmbio da especialista francesa SADEV de seis marchas, acionado por sistema de borboletas e eletrônica Magneti-Marelli. Os pneus serão importados, produzidos especialmente pela Pirelli.

O campeonato será composto por 18 corridas, que serão distribuídas em seis rodadas triplas ao longo da temporada. Todas as provas serão disputadas como preliminares da Stock Car Pro Series.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!