publicidade
14/07/2021 07:04

Leonardo Torres e Júlio Campos buscam pódios e manutenção da liderança em Cascavel


Foto: Luciano Santos

No próximo final de semana, no Autódromo Internacional de Cascavel, Júlio Campos e Leonardo Torres seguem para a quarta etapa do calendário da GT Sprint Race 2021, a terceira do torneio Brasil. A dupla de Curitiba (PR) comanda com o bólido de número 4 e irá para o circuito no desafio Triple X com a promessa de manter a liderança na categoria PRO.

“O circuito de Cascavel é demais, o Bacião é a curva mais desafiadora da temporada, dá um frio na espinha só de pensar nela, mas é isso que nos move né? Então, estou muito ansioso para entrar no carro e acelerar!”, comenta Léo Torres. “Eu tenho um carinho muito grande pela pista de Cascavel, já ganhei corrida lá, em 2019. A adaptação ao traçado foi excelente e, agora, vou tentar repetir o feito!”, acrescenta.

Júlio Campos disputou no final de semana a Stock Car na pista paranaense. “É uma das pistas mais legais que existem para qualquer tipo de carro. Tenho certeza que o GT Sprint Race, como é um carro muito rápido de curva, vai ser bem legal de fazer o Bacião. Estou bem empolgado em dar as primeiras voltas, é uma pista que gosto realmente”, diz o piloto.

A dupla acumula 79 pontos na tabela de classificação do torneio nacional. “A tomada de tempos vale pontos, espero que mesmo com o carro mais pesado carregando o lastro de 30 kg por sermos líderes, espero que estejamos bem competitivos. A meta é sairmos de Cascavel firmes na disputa pelo título da PRO”, ressalta Júlio.

Léo e Julio, da equipe GT Sprint Squad, já têm a estratégia para garantir uma boa posição na prova Triple X. “Vamos colocar o Julinho para fazer a tomada de tempo, ele é o mais experiente da dupla, para tentar pontuar o máximo possível, já que a posição de largada conta ponto como se fosse uma etapa. E nas corridas, tentar pontuar o máximo possível, visando manter a liderança do campeonato”, diz Léo Torres.

O calendário da GT Sprint Race está dividido em duas séries e nove etapas: o campeonato nacional, com seis etapas (duas corridas em cada), – Velocitta (SP), Interlagos (SP), Cascavel (PR), Palmeira (PR) e duas em Curitiba (PR) –, e as três etapas da “Special Edition” – Goiânia (GO), Tarumã (RS) e Potenza (MG) –, com três corridas cada. Na 10ª edição serão três títulos distintos da Sprint Race: Brasil, Special Edition e Overall, nas suas respectivas classes: PRO, AM e PROAM. E, ainda, o título do minitorneio do Rookie Of The Year.

A GT Sprint Race tem transmissões ao vivo das nove etapas do calendário pelo canal BandSports e também serão exibidas para todo o Brasil dentro da programação com cobertura completa do programa Acelerados (youtube.com/acelerados), além das páginas oficiais do evento nas redes sociais (youtube.com/gtsprintrace) e no Motorsport.com. A geração de imagens é da MasterTV/Catve e a narração é de Luc Monteiro, com comentários de Eduardo Serratto.

Os pilotos Léo Torres e Júlio Campos (GTSprintSquad) contam com patrocínio da Realsmart, Concept Locadora, Link Monitoramento, PepperSim e Progressiva - Proteção Veicular, e apoio da Adesipar e Daytona Rodas e Pneus.

Fonte: SIg Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!