publicidade
19/11/2019 17:33

João Pedro Maia ganhou o Capacete de Ouro depois de ser destaque em sua primeira temporada na FVee


Foto: Fernando Santos

João Pedro Maia


Um jovem talento de apenas 14 anos, João Pedro Maia ganhou o Capacete de Ouro na categoria formação de pilotos pelo seu desempenho na Fórmula Vee. O garoto recebeu o prêmio na noite de segunda-feira (18), em São Paulo, após conquistar 16 vitórias em sua primeira temporada na FVee. O Capacete de Ouro é entregue desde 1997 pela revista Racing.

Ganhar o Capacete de Ouro é como subir ao pódio em Interlagos. Todo piloto sonha em ganhar este troféu, o maior do país no automobilismo. É um enorme reconhecimento por todo o trabalho ao longo do ano, e um incentivo para seguir em busca do sonho de ter uma longa carreira nas pistas”, disse João Pedro Maia.

João Pedro Maia recebeu seu troféu das mãos de Wilson Fittipaldi Júnior, hoje seu instrutor na Fórmula Vee. “Esse menino faz uma temporada incrível. Mesmo em seu primeiro ano, venceu a maioria das provas. Acredito que vamos ouvir muito o nome dele daqui para frente”, afirmou Wilsinho.

Este prêmio é também um reconhecimento ao nosso trabalho na revelação e formação de pilotos, que já dura mais de 50 anos. Oferecemos essa primeira oportunidade para jovens que querem iniciar a carreira nas pistas. Nos últimos anos, a Fórmula Vee sempre esteve entre os finalistas do Capacete de Ouro, que reconhece a importância de programas como esse para as futuras gerações, diz Flávio Menezes, diretor da FVee.

O Capacete de Ouro consagra o início promissor da carreira de João Pedro Maia. Em 2018, ele foi campeão sul-americano e sul-brasileiro de kart. Neste ano, em sua estreia na FVee, ele já conquistou por antecipação o título da Copa ECPA, em Piracicaba, na Elite 1, e está perto de faturar também na Elite 2. No Campeonato Paulista, ele ocupa a vice-liderança da competição, que será decidida em dezembro. No estadual, ele venceu as últimas sete provas em Interlagos.

Claro que todo jovem, como eu, sonha um dia chegar à Fórmula 1. É um caminho difícil e longo, mas este prêmio ajuda a dar mais um passo à frente”, disse João Pedro. Em 2020, o jovem piloto faz planos para competir na Fórmula 4, que vale pontuação para obter a superlicença da F1.

Fonte: Fernando Santos

  • Não há comentários cadastrados até o momento!