publicidade
25/09/2018 08:16

Guilherme Salas está na mira de equipes europeias após dupla vitória em sua estreia em Monza pelo GT Open


Foto: GT Open

Guilherme Salas em Monza


O forte ritmo que Guilherme Salas imprimiu durante todo o fim de semana e a dupla vitória do jundiaiense na estreia em pistas europeias impressionaram não só a equipe Teo Martin Motorsport, de quem o piloto recebeu o convite para as corridas, como também outros times participantes do certame.

Salas foi à Monza, na Itália, participar pela primeira vez de uma corrida de automóveis na Europa. Antes disso, só havia participado de uma competição de kart no Velho Continente. Mesmo estreando na pista e pilotando pela primeira vez um BMW M6 GT3, bólido que desenvolve 585cv de potência, Salas mostrou todo o seu talento e capacidade de adaptação para colocar o carro entre os mais rápidos entre as 27 supermáquinas participantes.

O jovem piloto de 24 anos fez corridas brilhantes ao lado do companheiro de pilotagem, o também brasileiro Márcio Basso, e terminou a etapa com duas vitórias pela categoria AM, na qual Basso já compete desde o início da temporada ao lado de Thiago Marques, que nesta etapa deu lugar a Salas.

“Foi um final de semana incrível! Pilotar um carro sensacional, o BMW M6 GT3, em um dos templos do automobilismo, que é Monza, é um sonho realizado. Fazer isso tudo com o respaldo da Teo Martin Motorsport, que tem uma estrutura fantástica, e ainda ganhar corridas foi demais. Só tenho a agradecer o convite da equipe e ao Marcio Basso por esta oportunidade”, afirmou Salas.

A performance de Salas deixou toda a equipe Teo Martin impressionada. Mas não só ela. Imediatamente após o término da etapa, outras equipes participantes do campeonato já demonstraram interesse na presença do jundiaiense na próxima temporada.

“É tudo muito recente e está acontecendo muito rápido. É claro que são apenas conversas iniciais, mas o simples fato de estarem me procurando já anima bastante. Recentemente tive um revés muito grande em minha carreira no Brasil, e isso foi muito frustrante. Estou em busca de oportunidades, e mesmo se elas estiverem fora do país, eu vou aproveitar!”, concluiu o piloto.

Salas não disputa a temporada 2018 da Stock Car desde a Corrida do Milhão, no início de agosto, quando divergências com a antiga equipe resultaram na saída do piloto. Desde então, Salas e a equipe de gestão que o apoia buscam uma recolocação e novos apoiadores.

Fonte: Motorbiz

  • Não há comentários cadastrados até o momento!