publicidade
27/09/2021 09:04

Guilherme Samaia voltou a mostrar bom ritmo e terminou provas da F2 na Rússia após resolução dos problemas


Foto: Dutch Photo Agency

Guilherme Samaia


Em um final de semana caótico do ponto de vista climático em Sochi, na Rússia, Guilherme Samaia conseguiu reunir condições de entregar dois bons desempenhos nas provas válidas pela sexta etapa da Fórmula 2 no último final de semana. O brasileiro da equipe Charouz Racing System, que em Monza não havia terminado nenhuma das três corridas em virtude de problemas técnicos, encaixou na Rússia bons desempenhos e terminou as duas corridas próximo da zona de pontuação.

A chuva cancelou uma das três corridas previstas e Samaia largou do 18º lugar e terminou ambas na 13ª posição, seu melhor resultado em um ano marcado por alguns problemas técnicos que persistiram por algumas etapas até a Itália. As vitórias na Rússia ficaram com o australiano Oscar Piastri e com o britânico Dan Ticktum.

“Enfim um final de semana sem problemas técnicos. O carro e o nosso ritmo estavam muito bons durante as duas provas. Pena que no quali a gente não conseguiu encaixar uma boa volta para largar mais à frente, mas foi um final de semana muito difícil com as condições da pista e do clima”, disse o piloto.

“Estávamos realmente muito competitivos nestes dois dias. Uma pena que a estratégia no domingo não tenha sido favorável, porque fizemos uma aposta em algo grande e que acabou não acontecendo. De qualquer forma, estou muito feliz em me sentir muito competitivo dentro do carro, fazendo ultrapassagens por dentro, por fora, fazendo o melhor tempo no setor 2 da pista. Nossa hora vai chegar, só falta um pouquinho mais de sorte”, concluiu.

Agora a Fórmula 2 tira um recesso de 70 dias até a penúltima etapa da temporada, que acontecerá no novo circuito de rua de Jeddah, na Arábia Saudita, nos dias 3 e 4 de dezembro.

Fonte: P1 Media Relations

  • Não há comentários cadastrados até o momento!