publicidade
03/12/2021 17:17

Guilherme Samaia destaca a alta velocidade atingida pela Fórmula 2 no treino e tomada de tempos nesta sexta-feira


Foto: Dutch Photo Agency

Guilherme Samaia


O circuito de rua de Jeddah, na Arábia Saudita, palco da penúltima etapa tanto da Fórmula 1 como da Fórmula 2, provou ser, de fato, extremamente veloz. Mesmo com 27 curvas distribuídas por 6.174 metros, a pista tem proporcionado altíssimas médias de velocidade. A melhor volta do dia, de 1min29s018, de Lewis Hamilton no segundo treino livre, teve uma média de 249,68 km/h, marca inferior somente às registradas no velocíssimo autódromo de Monza, na Itália, onde os carros registram cerca de 252 km/h de média.

Na Fórmula 2 não tem sido muito diferente. A volta da pole position do australiano Oscar Piastri, em 1min40s878, traz uma média de 220,32 km/h. O carro da Charouz Racing System pilotado pelo brasileiro Guilherme Samaia, por exemplo, alcançou os 300 km/h na sessão classificatória desta sexta-feira (3). Anteontem, o piloto de 24 anos classificou a pista como “rápida feito Spa-Francorchamps, mas sem espaço para erros como Mônaco”.

Apesar da altíssima velocidade, Samaia teve sérios problemas de aderência em seu bólido, especialmente no pneu dianteiro direito, que no momento decisivo da volta rápida, acabou não atingindo seu melhor desempenho e apresentando o chamado graining.

Isso ocorre quando a superfície do pneu adquire uma textura granulada que atinge a parte externa dos pneus, geralmente ocasionada pela grande diferença de temperatura entre pista e pneus.

“Eu tinha um problema nas curvas rápidas à esquerda. Segui um procedimento de preparação dos pneus que não funcionou e não colocou a borracha na janela certa de temperatura para o melhor funcionamento. O dianteiro direito simplesmente não funcionava, então nas curvas à esquerda, quando o carro se apoia do lado oposto, eu não conseguia aderência. Vamos ver como melhorar isso para as corridas de amanhã”, disse Samaia.

O sábado (4) terá duas corridas de 20 voltas, sendo uma delas noturna. A primeira às 9h30 e a segunda às 15h40, no horário de Brasília. No domingo (5), a categoria faz a preliminar da Fórmula 1.

No Brasil, os fãs de velocidade podem assistir a Fórmula 2 pelo canal por assinatura Bandsports ou pelo app da F1.

PROGRAMAÇÃO
Horários de Brasília
Sábado (04/12)
Sprint Race 1 – 9h30 – 20 voltas
Sprint Race 2 – 15h40 – 20 voltas

Domingo (05/12)
Feature Race – 11h25 – 28 voltas

Fonte: P1 Media Relations

  • Não há comentários cadastrados até o momento!