publicidade
07/08/2020 10:33

Giovanni Pamfílio venceu em Aldeia da Serra na volta do Pé de Chumbo às pistas


Foto: Zaramelo Júnior

Giovanni Stival Pamfílio foi o nome da segunda etapa da 15ª Copa Sópneus Goodyear Pé de Chumbo, realizada quinta-feira (30) no Kartódromo Aldeia da Serra. O piloto #99 venceu duas das três baterias, somou 88 pontos e garantiu o primeiro lugar na classificação geral da rodada, que marcou a retomada do campeonato após paralisação de 173 dias em virtude da pandemia de covid-19.

No entanto, Giovanni não teve vida fácil e travou disputa acirrada com Rafael Contatto desde a tomada de tempos para definição do grid de largada - os dois foram os mais rápidos e garantiram a primeira fila. O piloto #19 fechou a etapa na segunda colocação no geral com 87 pontos - ficou em segundo lugar em duas baterias e em terceiro em uma. A performance levou Rafael à liderança do campeonato.

A terceira etapa do campeonato será realizada no dia 29 de agosto, em local ainda a ser definido.

AS CORRIDAS – Pole position, Giovanni Pamfílio largou bem e manteve a ponta na corrida que abriu a competição. Foi pouco ameaçado até a 10ª volta, quando, então, passou a ser atacado de forma mais contundente por Douglas Pitoli. O piloto #99 defendeu bem a posição e cruzou na primeira posição.

Giovanni completou as 15 voltas em 13m16s413, vantagem de 0s177 para o segundo colocado Théo Trevisani, de 0s391 para o terceiro Rafael Contatto e de 0s836 para o quarto Douglas Pitoli, que rodou numa tentativa de ultrapassagem e perdeu posições nas voltas finais.

Na segunda bateria, com grid invertido entre os oito primeiros da prova anterior, os ponteiros foram William Saura e Rogério Pompermayer, mas quem se destacou foi Pitoli. O piloto #45 largou na terceira fila e na sétima volta assumiu a liderança, de onde não saiu mais mesmo pressionado por Rafael Contatto.

Pitoli fez as 15 voltas em 12m43s526, vantagem de apenas 0s064 para Rafael. William cruzou em terceiro lugar, a 1s007 do vencedor. O mais próximo do trio foi Pompermayer, que cruzou na quarta colocação com diferença de 7s844 para Pitoli.

Também com inversão de grid entre os oito melhores da prova anterior, Carlinhos Carrion e Ivan Dantas saíram na primeira fila na terceira bateria, mas ficaram poucos metros à frente. Giovanni Pamfílio, com largada arrojada, superou Ivan antes da primeira curva e, na sequência, passou Carrion no meio do circuito antes da metade da primeira volta.

Desta vez, Giovanni manteve-se tranquilo na ponta e em nenhum momento teve a posição ameaçada, pois conseguiu abrir boa distância para os demais. Seu tempo para 14 voltas foi de 14m42s997, vantagem de 3s135 para Rafael, que apareceu em segundo lugar, e de 4s046 para Fernando Santo André, que foi o terceiro.

LIGHT – Ivan Dantas viveu a rodada dos sonhos em Aldeia da Serra e foi o ganhador da Light na segunda etapa da Copa Sópneus Goodyear Pé de Chumbo. Ele foi o melhor da categoria nas três baterias e o quinto na classificação geral - é raro um piloto da Light aparecer no Top 5.

Na primeira bateria, Ivan foi o 10º colocado, enquanto na segunda cruzou em sétimo e na terceira, largando na primeira fila, cruzou na quarta posição, invadindo o seleto grupo de pilotos da Pró.

Com isso, Ivan totalizou 73 pontos e assegurou a vitória na etapa. O segundo colocado da categoria, com 61 pontos, foi Carlos Barbosa. O pódio da Light ainda teve Alexandre Bassora, em terceiro lugar com 48 pontos; Fábio Santarosa, em quarto com 47; e Ederson Rodrigues, em quinto com 46.

A temporada 2020 do Campeonato de Kart Pé de Chumbo tem patrocínio de Sópneus, Goodyear, Tatu Shopping Frutas, Jura Som, Meta Materiais Elétricos, Comfer Materiais de Construção, Luchini Móveis Planejados, Twisy Travel, Garage 48, Newcoates, Ecomaster, Posto Palmas de Ouro, Jundiá Sorvetes, Óculos HB, Astor Brindes Corporativos, Eraldo Tintas, Medon Seguros, J&B Soluções em Tecnologia, Beppo, 5asec e JR8 Imports.

Confira como está o campeonato:
1º) Rafael Contatto - 146
2º) Giovanni Pamfílio - 143
3º) Douglas Pitoli - 136
4º) Théo Trevisani - 128
5º) Carlinhos Carrion - 118
6º) Rogério Pompermayer - 117
7º) Ivan Dantas - 99
8º) Fernando S. André - 95
9º) Candido Neto - 94
10º) André Gonçalves - 92
11º) Alberth Janjon - 88
12º) Carlos Barbosa - 86
13º) Marcelo Marusso - 82
14º) Pedrinho Aguiar - 77
15º) William Saura - 76
16º) Paulo Rosa - 72
17º) Fábio Santarosa - 67
18º) Mayckon Mota - 66
19º) Oswaldinho Nogueira - 64
20º) Alexandre Bassora - 62
21º) Ederson Rodrigues - 59
22º) Patrik Neves - 53
23º) Givago Nunes - 46
24º) Marcelo Contatto - 41
25º) Fernando Rodovalho - 34
26º) Rodrigo Pestana - 17
27º) Pedro Marusso - 16
28º) Wilisson Ribeiro Fº - 14
29º) Bruno Rodrigues - 0

Fonte: Zaramelo Júnior

  • Não há comentários cadastrados até o momento!