publicidade
23/12/2017 18:42

Falecimento de Marcelo Petriccione enluta o kartismo brasileiro no final da temporada


Foto: Divulgação

Marcelo Petriccione (à direita), com a família Franzoni e equipe em uma competição no Velopark


E quando pensávamos que nossa última postagem em 2017 seria uma interessante entrevista com Pedro Sereno, presidente da CNK, quando a ideia era encerrar a temporada com bons esclarecimentos sobre o nosso kartismo, nos chegou uma triste notícia.

Faleceu no início desta sexta-feira, dia 23, o ex-piloto e ex-proprietário da fabricante de chassis Birel, que deixou de comandar em 2013, quando a empresa passou a ter como seu diretor Ernandes Onassis.

Petriccione tinha 49 anos e foi campeão brasileiro e da Copa Brasil pela Sênior B em 1999. Em 2000 ele repetiu a conquista na Copa Brasil, agora pela Sênior A.

Assim como uma grande parte dos integrantes do kartismo atual, tivemos o privilégio de conviver com Marcelo Petriccione durante várias competições ao longo dos 15 anos que o Kart Motor existe. Como bem disse o goiano Giuseppe Vecci, Marcelo Petriccione “era um cara de personalidade forte, grande amigo e um visionário, levando a Birel a grandes títulos e grande visibilidade na América do Sul”.

Fábio Franzoni, pai de Victor Franzoni, que em 2018 competirá na Indy Lights, também lamentou a partida de Marcelo Petriccione. “Hoje perdi um grande amigo, que ajudou – e muito – a mim e minha família”.

Desta forma, o kartismo brasileiro chega ao Natal e ao encerramento de mais uma temporada em luto. Nossos pêsames à família Petriccione.

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • 24/12/2017 09:06 William

    Parceiros em 2001 quando criamos a AMF e passamos a forNecer itens para a Briel sudam , concorrentes apos uns anos e amigos no final... O kartismo nacional perde um grande nome , os kartistas perdem um grande amigo !