publicidade
06/06/2018 11:07

Enzo Bedani + Enzo Nienkotter: quando vencer não é o mais importante!


Foto: Divulgação

Enzo Bedani


Esporte extremamente competitivo – às vezes até demais –, o kartismo de quando em quando nos proporciona momentos para reflexão em um planeta que hoje pende cada vez mais para o individualismo e para confrontos extremos.

Semanalmente, a cada corrida, o kartismo comprova ser um ótimo “professor” e estar dentro deste ambiente é, via de regra, muito benéfico para a formação de cada competidor como um ser humano que terá um dia a dia igualmente muito competitivo em sua futura carreira, em qualquer esfera.

Pois bem. No último sábado, no Kartódromo Granja Viana, tivemos um belo exemplo de que vencer não é tudo. Adaptando a frase do Barão de Coubertin, podemos dizer que “o importante, também, é sermos humanos” e não só sermos competitivos.

O jovem Enzo Bedani, que em 2017 sofreu um acidente que lhe causou lesões na coluna – hoje plenamente curadas depois de um bom tempo afastado das pistas –, foi o protagonista de uma cena que causou os melhores sentimentos em todos os presentes.

Mesmo sem ter se envolvido no acidente que causou a capotagem de Enzo Nienkotter em uma bateria da Rotax Micro Max, Bedani parou seu kart e abandonou a prova para ajudar o piloto catarinense, que estava deitado no chão, com o kart por cima dele, e sem condições de levantar-se por conta própria.

Em tempos de Campeonato Brasileiro, quando o espírito competitivo se eleva ainda mais, o lindo exemplo de Enzo Bedani, de apenas 10 anos, serve como algo a ser levado em consideração, algo a ser lembrado por todos quando a cabeça “esquentar” demais.

Cenas como as que vimos recentemente no Campeonato Sul-Brasileiro e até mesmo em algumas feias disputas dentro da pista no Campeonato Brasileiro do ano passado, por exemplo, não devem se repetir.

Para isto, parafraseando Chico Buarque, “mirem-se no exemplo de Enzo Bedani”.

E ao jovem Enzo Bedani, nossos sinceros parabéns, sem dúvida alguma extensivos a seus pais, Fábio e Fabiana, e ao seu preparador Stevan Balzan, que certamente passam e passaram os melhores ensinamentos.

Agradecemos ao Luiz Pinheiro, do site Velocidade Total, e ao Bruno Gorski pelas fotos, que eternizaram o belo momento.

Enzo Nienkotter, após o susto inicial - em que foi até mesmo aventada a possibilidade de fratura em um braço -, foi atendido rapidamente pelo serviço médico do kartódromo e está bem, inclusive já tendo voltado à escola.

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • 06/06/2018 12:04 Renato Klein

    Bela imagem e belo exemplo. Parabéns Enzo Bedani pela atitude!!!