publicidade
01/10/2018 08:26

Sérgio Sette fez bela recuperação para subir no pódio da Fórmula 2 na Rússia


Foto: James Gasperotti

Sérgio Sette Câmara


Terminou neste domingo a 11ª e penúltima rodada do Campeonato Mundial de Fórmula 2. No Autódromo de Sochi, na Rússia, o piloto brasileiro Sérgio Sette Câmara (YOUSE | Banco BMG | MRV | CCR | CEMIG | GASMIG | Usiminas | Americanet | Lubrax) teve um fim de semana de superação e, após uma tomada de tempos pouco proveitosa, superou os problemas e finalizou o domingo mais uma vez no pódio, em uma comemorada segunda colocação.

As atividades do fim de semana começaram ainda na sexta-feira, com a única sessão de treinos livres. Sérgio, pela primeira vez no traçado russo, não demorou para se adaptar aos segredos da pista construída no entorno do Parque Olímpico da cidade. Com o competente suporte da equipe Carlin, ele estabeleceu uma boa volta ficando, assim, com o quarto tempo na sessão. Ainda na sexta-feira, no fim da tarde, aconteceu a tomada de tempos. Sette, apesar de acreditar ter conseguido uma boa volta, não estabeleceu um tempo competitivo, o que lhe rendeu apenas a oitava posição no grid para a primeira corrida.

Junto a seu time o piloto traçou sua estratégia de recuperação para a primeira corrida e, com tudo planejado, seguiu para a prova. O carro #18 da equipe Carlin, com os pneus de tarja vermelha, apresentou um rendimento muito ruim, o que fez com que nas primeiras voltas Sérgio caísse algumas posições. O problema já era esperado e, após o pit-stop obrigatório, quando trocou os compostos para os de tarja amarela, o brasileiro conseguiu impor o seu ritmo. Com voltas bastante velozes e seguidamente melhorando o seu tempo, o brasileiro conseguiu literalmente escalar o pelotão e, ao final das 28 voltas, recebeu a bandeirada na quinta colocação.

“Realmente posso dizer que fizemos o máximo possível hoje. Não tínhamos o carro mais rápido da pista e, com inteligência, traçamos uma estratégia que me permitiu ganhar três posições em relação a largada e terminar em quinto, somando mais dez pontos para o campeonato”, comentou ao final da prova o mineiro de 20 anos.

PÓDIO VEIO EM CORRIDA COMPLICADA – Pelo resultado obtido no sábado, Sette teve o direito de largar na prova deste domingo na quarta colocação. Após uma partida muito boa, o piloto se viu encaixotado na briga pela terceira posição e, de forma cautelosa, manteve-se no quarto lugar. Duas voltas se passaram e, com um bom ritmo, Sérgio passou a pressionar seus concorrentes. Não demorou para ele assumir a terceira posição e, duas voltas depois, chegar à vice-liderança da corrida.

Com metade das voltas completadas, porém, começou a chover na pista de Sochi. A maioria das equipes optou por fazer rapidamente o seu pit-stop e recolocar os carros na pista com pneus intermediários. A Carlin trabalhou muito bem e devolveu Sérgio para o traçado na mesma posição, atrás do inglês George Russel. Com um bom ritmo o piloto conseguiu tirar boa parte da diferença construída pelo líder até a entrada do safety-car virtual, a cinco voltas para o fim. Quando os carros foram autorizados a voltar ao ritmo de corridas, Sette não conseguiu mais se aproximar do primeiro colocado. A esta altura, a duas voltas para o fim, ele ainda recebeu pressão de Alex Albon, que vinha em terceiro, porém, Sérgio conseguiu manter um bom ritmo e, sem ser efetivamente ameaçado, concluiu a corrida em uma comemorada segunda colocação.

“Foi um fim de semana bastante diferente aqui em Sochi. Comecei com a minha pior posição de largada do ano e completei a rodada com 22 pontos no campeonato, minha segunda melhor soma do ano. Tivemos muita Inteligência para traçarmos a nossa estratégia para a corrida de sábado e no domingo novamente tivemos de ser precisos no momento de acertar a troca dos pneus. Quando tive chance fui agressivo, ultrapassei e consegui me defender bem. A história guardada no troféu aqui de Sochi, com certeza, será lembrada por muito tempo”, concluiu.

Passadas 11 rodadas do Mundial de Fórmula 2, Sérgio Sette é o sexto colocado na classificação, dois pontos atrás do russo Artem Markelov. Confira os seis primeiros no campeonato: George Russel, 148; Alexander Albon, 211; Lando Noris, 197; Nicky DeVries, 184; Artem Markelov, 166 e Sérgio Sette Câmara, 164.

A última e decisiva rodada do Campeonato Mundial de F2 será disputada entre os dias 23 e 25 de novembro em Abu-Dhabi, nos Emirados Árabes.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!