publicidade
04/04/2018 09:15

Kiko Porto fez testes em duas equipes de Fórmula 4 nos Estados Unidos


Foto: Divulgação

Beto Monteiro e Kiko Porto, com um representante da DE Force


Foi apenas o primeiro contato do piloto pernambucano Kiko Porto (Petromega / BF) com a categoria de acesso aos monopostos. Em quatro dias de testes na pista da cidade Angleton, no Texas (EUA), o piloto de 14 anos experimentou a sensação de dirigir os carros de duas equipes: a Goup-A Racing, com sede no Estado de Nova Iorque; e ainda a DEForce Racing, que está baseada no próprio Texas.

Nos dias 28 e 29 de março Kiko pilotou o F4 da DEForce e andou muito bem para quem nunca havia pilotado um desses bólidos, com boa parte dos treinos com pista molhada no segundo dia. Porém, a maior preocupação não era em fazer o melhor tempo e sim uma adaptação sem pressa, nessa transição do kart para os fórmulas.

Depois de um dia de descanso, ele voltou à mesma pista, desta vez com o carro da Goup-A Racing, nos dias 31 de março e 1° de abril. Da mesma forma, sem pressão e muito menos pensar em correr contra o relógio. O mais importante era adquirir rodagem e experiência nesse novo degrau que o piloto está subindo.

Mesmo assim, o piloto brasileiro impressionou os engenheiros do time americano e também o piloto Beto Monteiro, que durante os testes o acompanhou, passado sua experiência de pista. “Realmente foi uma sensação bem diferente, foi inexplicável. Achava que ia demorar mais um pouco para me adaptar, mas eu me dei muito bem com esse carro. Daqui para frente é focar, trilhar o caminho, fazer uma temporada de F4 e depois seguir carreira”, disse Kiko Porto após os testes.

Mas o kart não foi esquecido pelo piloto de Pernambuco. Ele pretende voltar ao Brasil a tempo de participar da Copa São Paulo KGV, que terá mais um etapa no próximo dia 14, na categoria Shifter, no Kartódromo Granja Viana.

Fonte: Kako Marques

  • Não há comentários cadastrados até o momento!