publicidade
02/08/2020 13:04

Felipe Drugovich foi 6º em Silverstone e termina na zona de pontuação pela quinta vez na temporada de estreia na Fórmula 2


Foto: Dutch Photo Agency

Felipe Drugovich (15) liderando em Silverstone


A Fórmula 2 encerrou neste domingo (2) em Silverstone, na Inglaterra, a quarta rodada dupla de sua temporada, iniciada tardiamente em função da pandemia de Covid-19. Competindo pela equipe holandesa MP Motorsport, o piloto brasileiro Felipe Drugovich, 20 anos, marcou pontos pela quinta vez em oito corridas.

Depois de manter sua posição na largada, Felipe Drugovich perdeu outras duas na primeira volta, caindo para quarto e, a partir daí, alternando períodos em que conseguia ‘virar’ tempos semelhantes aos do primeiro pelotão com outros em que o ritmo não se mostrava tão satisfatório.

Ao fim de 21 voltas pelos 5.891 quilômetros do Circuito de Silverstone, o piloto de Maringá (PR) recebeu a bandeirada na sexta posição, marcando mais 4 pontos para o campeonato. Depois de quatro etapas e oito corridas, Felipe Drugovich é o 8º colocado na tabela de pontuação em sua temporada de estreia na Fórmula 2 entre 22 pilotos de todo o mundo.

“Hoje foi um pouco abaixo do nosso potencial. Caí para quarto ainda na primeira volta, mas mesmo assim eu não tinha um bom ritmo. Tive que forçar um pouco os pneus para ficar por ali, mas acabei caindo ainda mais. Depois eu ganhei uma posição após saída do safety car e da relargada e terminei em sexto”, resume Felipe Drugovich. “Serviu como mais uma experiência, temos que melhorar baseados nisso. E agora é trabalhar para o próximo final de semana, outra vez aqui em Silverstone”, finalizou.

A Fórmula 2, bem como a Fórmula 1 e a Fórmula 3, permanece na Inglaterra e na próxima sexta-feira (7) dá início à sua quinta rodada dupla do ano.

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus, e da Noma, destaque no segmento de implementos rodoviários.

O resultado da corrida deste domingo em Silverstone:
1 Dan Ticktum (GBR) – DAMS – 21 voltas – 39:50.019
2 Christian Lundgaard (DIN) – ART Grand Prix – a .376
3 Louis Deletraz (SUI) – Charouz Racing System – a 2.697
4 Jehan Daruvala (IND) – Carlin – a 6.257
5 Nikita Mazepin (RUS) – Hitech Grand Prix – 29 voltas – 6.483
6 Felipe Drugovich (BRA) – MP Motorsport – a 8.459
7 Nobuharu Matsushita (JAP) – MP Motorsport – a 8.956
8 Jack Aitken (GBR) – Campos Racing – a 9.782
9 Guanyu Zhou (CHI) – UNI-Virtuosi – a 10.848
10 Marcus Armstrong (NZL) – ART Grand Prix – a 10.995
11 Artem Markelov (RUS) – BWT HWA Racelab – a 17.417
12 Marino Sato (JAP) – Trident – a 18.643
13 Robert Shwartzmann (RUS) – Prema Racing – a 22.320
14 Mick Schumacher (ALE) – Prema Racing – a 26.230
15 Guilherme Samaia (BRA) – Campos Racing – a 28.531
16 Roy Nissany (ISR) – Trident – a 31.974
17 Pedro Piquet (BRA) – Charouz Racing System – a 41.395
18 Giuliano Alesi (FRA) – BWT HWA Racelab – a 1 volta
19 Luca Ghiotto (ITA) – Hitech Grand Prix – a 2 voltas
nc Sean Gelael (INA) – DAMS
nc Callum Illot (GBR) – UNI-Virtuosi
nc Yuki Tsunoda (JAP) – Carlin

Fonte: KG COM Assessoria de Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!