publicidade
18/11/2019 10:06

Falecimento prematuro de Tuka Rocha choca e entristece o kartismo e o automobilismo brasileiro


Foto: Fernanda Freixosa

Tuka Rocha


O kartismo e o automobilismo brasileiro viveram um péssimo final de semana, mesmo que em Interlagos o país estivesse recebendo mais um GP Brasil de Fórmula 1. Desde a última quinta-feira (14) a tensão, a torcida e muita fé tomaram conta do nosso ambiente, seja dentro das pistas, seja fora delas, em nossas casas e em nossos corações.

Todos nós tínhamos um único objetivo, um único foco: que Christiano Alcoba Chiaradia Rocha, o Tuka Rocha, escapasse com vida de mais um grave momento.

Naquela quinta-feira fomos todos pegos de surpresa ao saber que dentro de um avião que caíra na Bahia estava o piloto Tuka Rocha, acompanhado de outras nove pessoas. De imediato soubemos que, infelizmente, já havia uma vítima fatal.

Informações chegavam e poucas delas nos davam esperanças de que Tuka escapasse dessa com vida. E, neste domingo pela manhã, nos chegava a informação de que o piloto paulista lutara bravamente por sua vida, mas não resistira, falecendo – segundo informações oficiais – em torno das 6:20 da manhã.

Desta forma, o domingo de festa em Interlagos se transformava em um dia de dor, tristeza e lágrimas pela perda de um cara querido por todos e que nos últimos anos vinha se dedicando de forma intensa à base do kartismo brasileiro.

Tricampeão brasileiro de kart de forma consecutiva em 1996, 1997 e 1998 na Júnior, Graduados B e Graduados A e da Copa Brasil de 2000 pela Graduados A, Tuka Rocha fez carreira no automobilismo internacional e competiu também na Stock Car, onde em 2011 viveu um grave acidente, quando escapou da morte ao pular de seu carro que já era tomado pelo fogo.

Sempre alegre, de pensamentos sempre positivos e incentivadores, Tuka dedicava-se nos últimos anos a incentivar e a participar intensamente da formação de novos pilotos através de sua escolinha de kart. E, entre seus últimos projetos, atuava de forma intensa e direta para a realização do Troféu Ayrton Senna no próximo mês de janeiro e dava início à sua própria equipe de kart.

Ao longo de 34 anos de vivência pessoal no automobilismo e kartismo brasileiro e de 17 anos do Portal Kart Motor, convivemos em vários momentos com Tuka Rocha, especialmente em sua carreira no kart. Foram momentos que hoje ficam mais vivos em nossa memória e dos quais sempre lembraremos com prazer e com um misto de alegria e tristeza.

Tuka, fique com Deus e tenha a certeza de que já estamos sentindo tua falta aqui conosco. E obrigado por sua linda carreira e dedicação ao esporte e aos nossos jovens pilotos.

Aos familiares e amigos, nosso abraço e solidariedade. E continuamos na torcida pela boa recuperação dos demais envolvidos no acidente.

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • Não há comentários cadastrados até o momento!