publicidade
28/06/2021 08:20

Dois pódios em Silverstone colocam Roberto Faria na terceira posição na classificação da Fórmula 3 Britânica


Foto: Jakob Ebrey

Roberto Faria


Correr em Silverstone é sempre especial. Melhor ainda quando os resultados atendem às expectativas. Ao final da segunda etapa da temporada 2021, o único piloto brasileiro na Fórmula 3 Britânica assumiu o 3º lugar na classificação geral com 90 pontos.

Nos dois dias de treinos livres, Roberto Faria (Fortec Motorsport) liderou algumas sessões. Na tomada ele marcou o 8º melhor tempo e a 6ª melhor segunda volta. E nas provas chegou sempre à frente das posições do grid, sendo duas delas em terceiro.

No sábado, Roberto Faria terminou a tomada em 5º, mas a posição confirmada minutos depois foi oitavo – a melhor até então foi desconsiderada por track limits. O jovem piloto de 17 anos fez três ultrapassagens ainda na primeira volta e sustentou a quinta posição até a linha de chegada.

“Com a alteração que fizemos no setup após o quali, quando o carro estava lento, foi possível brigar por melhores posições. Sabemos que é difícil de ultrapassar em Silverstone e você tem que dar o seu melhor na primeira volta. Assim fizemos e, durante a prova, conseguimos manter um bom ritmo”, avalia Roberto.

Na corrida 2, no domingo, Roberto Faria largou em 6º, conquistando mais uma vez três posições ainda na primeira volta. Com os quatro pneus usados, Roberto conquistou o primeiro pódio da temporada ao cruzar a linha de chegada em P3.

A última prova da etapa era com grid invertido. Roberto Faria largou em 10º e tinha melhores condições para ser mais rápido do que seus adversários, já que optou por usar dois pneus novos, ambos no lado esquerdo. Além das ultrapassagens, a corrida 3 é sempre mais agitada e com maior probabilidade de acidentes porque os pilotos mais rápidos saem atrás no grid.

Exatamente por isto, o safety car entrou na metade da prova congelando as possibilidades de ultrapassagens por quase um quarto de tempo da prova. Após a relargada, com pouco mais de três minutos para terminar a prova, o piloto brasileiro da Fortec não poupou esforços e atacou Alex Connor em busca da segunda posição. Mesmo diminuindo a diferença, Faria não teve tempo suficiente e terminou a última prova do final de semana em 3º com uma dificuldade extra que a equipe só soube assim que o piloto saiu do carro. “O volante desalinhou durante a prova, tive que controlá-lo com o braço todo torto para manter um bom traçado”, contou Roberto.

Depois de conquistar sete posições – ele foi o piloto que teve melhor salto de posições na corrida 3 –, Roberto Faria comemorou o segundo pódio do dia. “Depois de ter conquistado meu primeiro pódio na F3 aqui em Silverstone no ano passado, é claro que eu tinha expectativa em repeti-lo. Fiquei muito satisfeito com os resultados deste final de semana, especialmente por ter saído do 13º para o 3º lugar na classificação geral da temporada. Desde o início eu venho afirmando que, neste ano, vou brigar pelo top 3 e vamos seguir trabalhando duro nesta meta”, comemorou o piloto carioca.

Fonte: Danielle Lima

  • Não há comentários cadastrados até o momento!