publicidade
30/10/2018 10:34

Oitava etapa do Light movimentou Aldeia da Serra em sábado de forte instabilidade climática


Foto: Jackson de Souza

Entrando em sua reta final na temporada, a Copa São Paulo Light reuniu no último sábado (27) pilotos e equipes de várias partes do Brasil para as disputas da oitava rodada do campeonato. Assim como nas etapas anteriores, o palco para as disputas foi o Kartódromo Aldeia da Serra, que desta vez foi utilizado em um de seus traçados mais velozes, no sentido anti-horário.

A grande marca desta rodada ficou, contudo, por conta das incontáveis mudanças climáticas. Durante todo o dia as condições meteorológicas foram se alternando entre sol, nublado, garoa e chuva. Assim, para pilotos e equipes, o mais difícil foi encontrar um acerto ideal, que permanecesse bom durante toda a corrida. Na pista os pilotos tiveram uma grande dose de trabalho extra para conseguir levar seus karts até uma boa posição final.

Abrindo as atividades do dia, a categoria Mirim viu Yuri Morelli subir ao degrau mais alto do pódio após vencer a primeira bateria e chegar em quarto na segunda. Na segunda posição, ao seu lado, ficou Augustus Toniolo e, em terceiro, Felipe Vriesman.

Com 16 pilotos inscritos, a categoria Cadete foi a mais numerosa desta rodada do Light. Com o tempo de 51s765, o brasiliense Gabriel Koenigkan garantiu a pole-position. Nas corridas, porém, o paranaense Eduardo Araújo foi quem conseguiu somar mais pontos e ficou com a vitória geral. Koenigkan ficou em segundo e Heitor Dall’Agnol foi o terceiro colocado.

O nome do dia na categoria Júnior Menor foi o de Lucas Staico. Após registrar a pole-position, o piloto foi desclassificado por faltar 300 gramas no peso mínimo de seu kart. Assim, após largar da última posição na primeira bateria, o garoto fez uma grande prova de recuperação terminando na segunda posição. Na segunda bateria, na segunda volta ele já liderava o pelotão e recebeu a bandeirada final com mais de dois segundos de vantagem. Pela soma dos resultados, ele foi o campeão da etapa, com Vinícius Tessaro em segundo e Lucas Mendes em terceiro.

Dentre os pilotos da categoria Júnior o pole-position foi Gabriel Crepaldi. Nas duas baterias, muito disputadas por sinal, quem levou a melhor foi Nicolas Fabris, que venceu a etapa com uma vitória e um terceiro lugar. Na segunda posição do pódio subiu o mineiro João Matos e, em terceiro, Enrico de Lucca.

Encerrando as atividades do período da manhã, a categoria Sprinter tomou o traçado. Atual líder do campeonato, o piloto Richard Anunziatta mostrou o motivo de sua superioridade no ano. O jovem piloto fez o “hat-trick”, garantindo pole-position, melhores voltas e as vitórias nas duas corridas. O segundo lugar do dia ficou com Pedro Marcolin e a terceira posição com João Pedro Orban.

A categoria Graduado recebeu em seu grid, além dos pilotos habituais, a visita de Tuka Rocha, ex-piloto da Stock Car. Apesar de afastado das corridas de kart, o piloto se mostrou muito competitivo e lutou pela ponta desde os treinos. A pole-position ficou com Felipe Baptista, mas, na pista molhada, Tuka teve muito sangue frio para ganhar a primeira bateria. Na segunda prova, já com a pista mais seca, foi a vez de Baptista vencer, com Tuka terminando em segundo. Pela soma dos resultados Tuka foi o campeão da etapa, com Fernando Oizumi em segundo e João Vitor Ferreira em terceiro.

A Sênior, a Sênior B e Super Sênior tomaram o traçado para as suas corridas. O baiano Victor Luz registrou a pole-position, mas nas corridas, acabou sendo desclassificado. Assim, a vitória na primeira bateria ficou com Ernandes Onassis e, na segunda, com Christiano Matheis. Pela soma dos resultados, o primeiro lugar na etapa ficou com Maique Paparelli, seguido por Onassis em segundo e Lucas Salles em terceiro, enquanto Rodrigo Morelli venceu na Sênior B.

Encerrando as atividades dessa oitava rodada do ano, a categoria F4 tomou a pista com os pilotos das divisões Graduado e Sênior agrupados em um único grid. Tiago Santos ficou com a pole-position geral, mas nas corridas as coisas mudaram um pouco. Líder do campeonato, Giuliano Forcolin venceu a primeira e foi o segundo na segunda prova, garantindo assim mais uma primeira posição no pódio. No segundo lugar subiu Rafael Toledo e, em terceiro, Tiago Santos.

O Light entra agora em seu menor recesso do ano e daqui a exatamente duas semanas os pilotos estarão de volta à Aldeia da Serra, no dia 10 de novembro, para a penúltima corrida da temporada.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!