publicidade
25/08/2020 07:30

Equipe D Racing faz balanço positivo de sua participação na rodada tripla da Copa São Paulo Light


Foto: Divulgação

Nelson Stanisci


Com seis pilotos, a equipe D Racing disputou no último sábado (22) a rodada tripla da Copa São Paulo Light em Interlagos. Na pista, defendendo as cores da equipe comandada por Daniel Ramalho, estavam Rafael Perocco (Cadete), Lucas Perocco (F4 Júnior), Pedro Clerot (Júnior), Nicholas Monteiro (Novatos), Bruno Pierozan (Graduados) e Nelson Stanisci (F4 Graduados).

O frio, a chuva e a pista escorregadia foram os desafios extras para os pilotos no Kartódromo Ayrton Senna, exigindo atenção redobrada. Nas categorias dos pequenos pilotos, a Mirim e a Cadete, o problema era maior, pois todas as sessões de treinos começaram muito cedo. Rafael Perocco, da Cadete, sofreu demais e não conseguiu um bom desempenho.

Seu irmão Lucas Perocco, da F4 Júnior, esteve muito bem nos treinos, chegando a ficar em 2º em um deles, mas alguns toques e rodadas na corrida tiraram as chances de pódio. Pedro Clerot, da Júnior, sempre esteve entre os três primeiros, com grandes chances de vencer, liderando boa parte das baterias, mas, com pneus muito desgastados, terminou em terceiro.

Nicholas Monteiro, mesmo sem experiência na chuva, fez ótimos treinos. Na tomada de tempos ele conquistou um quarto lugar, mas foi tocado por um adversário ainda na primeira volta. Na segunda bateria, tentando recuperação, recebeu outro toque. Bruno Pierozan liderou todos os treinos da Graduados B, mas no sábado não conseguiu repetir o mesmo desempenho dos treinos. Com muita dificuldade nas baterias, acabou abandonando a última prova.

Nelson Stanisci fez sua prova de estreia na temporada após quatro anos parados. Dono de um currículo vencedor, ele dominou todos os treinos na F4 Graduados, sempre com boa diferença para seus adversários. No sábado, porém, Stanisci não conseguiu repetir os bons treinos e acabou largando em terceiro. Na primeira bateria, em uma tentativa de ultrapassagem, Stanisci acabou tocando os cones, o que fez com que o bico se soltasse e, por consequência, recebesse uma punição. Na segunda bateria Nelson foi soberano e conseguiu segurar o ímpeto de seus adversários até a última volta, vencendo e fechando com chave de ouro o final de semana.

Fonte: Rodrigo Monteiro

  • Não há comentários cadastrados até o momento!