publicidade
19/10/2018 09:30

Pole da Final, Luca Neuenschwander finalizou a Copa Brasil no Top 10 da Cadete


Foto: Bruno Gorski

Luca Neuenschwander


O Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte, recebeu na última semana a 20ª edição da Copa Brasil. O evento contou com a participação de mais de 200 pilotos divididos em 16 categorias distintas.

Pela categoria Cadete, que reúne os competidores com idades entre oito e 11 anos, o mineiro Luca Neuenschwander (Alquimia da Saúde | Lalubema | Saritur | Delta) foi um dos grandes destaques do evento. Competindo em alto nível nesta temporada, o piloto foi destaque também no Campeonato Brasileiro, disputado no último mês de julho, quando finalizou aquela competição no quarto lugar.

Na Copa Brasil, Luca, correndo em casa, queria muito garantir o título, principalmente porque na quarta-feira, dia 10, ele completou 11 anos de idade e este seria o melhor presente que ele poderia ganhar.

Assim, ele se dedicou muito aos treinos livres e, no resultado combinado das quatro sessões do primeiro dia e, depois, nas quatro sessões do segundo dia, ele foi o mais veloz da pista criando, deste modo, grande expectativa para a tomada de tempos que estava por vir. Nesta classificação, por sua vez, Luca não conseguiu o melhor posicionamento na pista e, sem um companheiro na pista para a troca de vácuo, ficou com a 10ª posição para a largada da primeira classificatória.

As provas classificatórias foram extremamente disputadas e Luca, com seu arrojo, mostrou porque está pronto para subir à categoria Júnior Menor. Na primeira prova, volta a volta ele foi ganhando terreno e, ao final das 15 voltas, recebeu a bandeirada na segunda posição. Na segunda prova, em uma atuação sem erros, ele venceu, garantindo, com isso, o direito de largar na pole-position da Final.

A grande e decisiva prova Final foi disputada na tarde de sábado. Neuenschwander não conseguiu uma boa largada e caiu para o quarto lugar. Concentrado, o piloto passou toda a prova na disputa pelo primeiro pelotão, mas, envolto a alguns toques e ultrapassagens, os dois líderes conseguiram abrir. Assim, Luca seguiu nas posições logo atrás e, ao final, recebeu a bandeirada na sexta posição.

“Estou triste pelo que aconteceu. Meu kart era muito rápido. Liderei os treinos, ganhei uma corrida e cheguei em segundo na outra. Fiz a pole na Final e, na pista, não consegui o meu melhor. Perdi até mesmo um lugar no pódio. Agradeço a minha equipe e minha família que torceu muito por mim. Vamos para a próxima”, lamentou o jovem de 11 anos.

Fonte: Quick Comunicação e Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!