publicidade
02/04/2019 07:27

Sol e chuva marcaram uma acirrada etapa de abertura do Campeonato Cearense


Foto: Stephan Eilert

Igor Figueiredo


A espera de mais de cinco meses sem corridas válidas pelo Campeonato Cearense chegou ao fim no último sábado (30), com a realização da primeira rodada dupla da temporada de 2019 no Kartódromo Marcelino Thomaz, em Morada Nova (CE).

A competição tem se notabilizado pelo bom nível técnico nas categorias Graduado A, Graduado B, Super Sênior, F4, F4 Light e Cadete, que tem sido incentivada para o ingresso de novos pilotos.

Os pilotos das categorias que utilizam motores dois tempos (Graduado A, B e Super Sênior) abriram a programação da rodada dupla com a realização da primeira corrida do ano e, na segunda, enfrentaram o desafio de correr na chuva. E ela caiu forte, como mostra o clique do fotógrafo Sthepan Eilert, exigindo muita habilidade daqueles que buscavam a vitória na segunda bateria, já que a primeira corrida do dia havia sido disputada com pista seca.

Nesta temporada a novidade é a criação da Graduado Super Sênior, que reúne pilotos com idade superior a 45 anos e que competiu agrupada com a Graduado A e B. E os mais experientes mostraram boa tocada e competitividade. A vitória geral coube ao piloto Marcus Borges, com Marcos Henrique em segundo e Augusto Aguiar em terceiro.

Na categoria Graduado B, que abriga os pilotos estreantes, a vitória ficou com Rafael Gurgel, seguido por Gabriel Souza, e na disputa da Graduado A o estreante Vinícius Nogueira conseguiu, no meio das feras, mostrar que tem condições de ser um dos protagonistas da temporada terminando na segunda colocação, à frente do experiente Paulo Holanda, que ficou em terceiro.

Paulo voltou à competição assim como o tetracampeão brasileiro Marcus Borges. Os dois são apontados como os melhores pilotos do Ceará e dos mais competitivos do Brasil, e mostraram isso na pista. Mas, como só pode haver um vencedor, o lugar mais alto do pódio ficou com Borges.

'Foi uma etapa com dois momentos distintos. O primeiro foi na primeira corrida do dia, com pista seca. Devido a um problema na classificação larguei em 9º e tive de recuperar posições a cada volta, terminando em segundo. Na segunda corrida larguei da última posição. A chuva foi um componente que dificultou as coisas para todo mundo e usei da minha experiência, pois já corri debaixo de chuva até mais forte do que a deste sábado aqui em Morada Nova. Mas tive problemas, já que a água acabou entrando no filtro de ar, o que impossibilitou de buscar a vitória. Mesmo assim os dois segundos lugares me deram a vitória na rodada', afirmou Borges.

Depois foi a vez dos karts da F4 e F4 Light. Na F4, o paraibano Elder Júnior mostrou que não será fácil tirar dele o posto de favorito ao título em 2019. Ele chegou determinado a iniciar as disputas na pole position e conseguiu seu intento. Largando em 1º, ele tinha logo atrás Yuri Pessoa, Daniel Barbosa e Gabriel Chaves. Dada a partida, o que se viu foi uma corrida bastante disputada em todas as posições, mas ali no bloco da frente aqueles quatro pareciam determinados a sair de Morada Nova com um lugar garantido no pódio.

Daniel conseguiu se posicionar colado a Elder e os dois passaram a travar um duelo particular pelo primeiro lugar. Mesmo acometido de uma forte gripe, o cearense perseguia o paraibano e, em dado momento, conseguiu ultrapassar o oponente, mas levou o troco logo em seguida.

Buscando a vitória, Elder tratou de acelerar enquanto Daniel vivia um drama particular. Naquele momento ele teve de superar o mal-estar para cruzar a linha de chegada em segundo.

Na segunda bateria a chuva dificultou o trabalho dos pilotos e foi aí que a experiência de Elder falou mais forte e ele conseguiu uma boa vantagem terminando novamente em primeiro. Assim, com as duas vitórias nas duas corridas, ele ficou com o 1º lugar na primeira rodada dupla de 2019.

“Nesta etapa tive momentos diferentes. A meta era fazer a pole e largar com pista limpa e consegui. Vencido esse primeiro obstáculo, na primeira corrida do dia enfrentei um adversário muito forte, o Daniel Barbosa. Foi uma bateria bem disputada, ele chegou a me superar, mas consegui dar o troco e ultrapassá-lo para chegar no P1. Na segunda corrida, sob chuva, me vali da experiência e consegui abrir uma boa vantagem e saí com mais uma vitória. Com isso, consegui começar o ano na frente para a busca do bicampeonato. Sei que ainda faltam muitas etapas, mas não vou desperdiçar uma só chance de ficar à frente dos demais. Quero agradecer a recepção dos cearenses, pois é gratificante quando saímos da Paraíba e enfrentamos uma estrada longa”, disse Elder Júnior.

Na segunda colocação, Yuri Pessoa comemorou muito o resultado em sua estreia na F4, sobretudo pelo fato de ter conseguido um bom resultado sob chuva. Gabriel Chaves ficou com a terceira colocação após disputar o segundo posto com Yuri. Após um ano de 2018 com resultados ruins, ele retorna ao pódio.

Na F4 Light nem a chuva conseguiu esfriar os ânimos dos pilotos e a prova foi marcada por muitas disputas de posições, sobretudo nos blocos intermediários. Em sua segunda temporada no Cearense, Adriano Joca mostrou mais maturidade e confirmou o que se viu dele nas últimas etapas de 2018, quanto andou forte e brigou por vitórias e pelo título na F4 Light.

Piloto da casa, Adriano faz parte de uma nova geração de competidores do interior do Ceará, que viram no nascimento do Kartódromo Marcelino Thomaz a chance de competirem perto de casa e mostrarem a potencialidade de outro eixo no kartismo cearense. Na pista, Adriano terminou as duas baterias na primeira posição, confirmando assim a vitória nesta rodada dupla.

“Sinto-me muito feliz. No meu segundo ano nessa família kart, esse momento para mim está sendo muito gratificante por participar e pelo resultado, terminando em primeiro nas duas baterias. Quero agradecer o apoio de todos e dizer que isso aumenta minha vontade de crescer dentro do kart. Ano passado passei por momentos ruins com a morte da minha mãe, mas em 2019 estou firme e forte e vou atrás do título”, afirmou Adriano Joca.

Na segunda colocação ficou o estreante Elialdo Andrade e em terceiro Thiago Rosa, outro estreante.

As provas da Cadete não foram realizadas devido à forte chuva. A próxima etapa do Cearense acontecerá no dia 27 de abril, também em Morada Nova.

Confira a classificação final da primeira rodada dupla do Cearense:
Graduado A
1 Marcus Borges – “Kinho”
2 Vinícius Nogueira
3 Paulo Holanda
4 Leonardo Soares
5 Igor Figueiredo
6 Gladson Alves
7 Lutianne Soares
8 Igor Borges
9 Tiago Barbosa
10 Leandro Soares

F4
1 Elder Junior
2 Yuri Pessoa
3 Gabriel Chaves
4 Lutianne Soares
5 Marcio Dobel
6 Mauro Reis
7 Daniel Barbosa
8 Edinardo Filho
9 César Coelho

F4 Light
1 Adriano Joca
2 Elialdo Andrade
3 Thiago Rosa
4 Aurelyano Rabelo
5 Pedro Marcelo
6 Ítalo Virgínio
07 Carlos Eduardo
08 Mário Teles
09 Herbert Marques
10 Rick Barbosa
11 Felipe Pedrosa
12 Clóvis Rolim

Fonte: Robério Lessa

  • Não há comentários cadastrados até o momento!