publicidade
18/03/2021 10:59

Comissão Nacional de Kart divulga adendo ao RNK com ajustes técnicos e de categorias e novidades nas premiações


Foto: Bruno Gorski

A Comissão Nacional de Kart (CNK) divulgou nesta quinta-feira (18) adendo ao Regulamento Nacional de Kart 2021, que havia sido publicado em dezembro do ano passado. As modificações estão alinhadas aos objetivos da nova gestão da CBA, presidida por Giovanni Guerra, e da CNK, comandada por Rubens Carcasci.

“Nossa meta com essas mudanças é tentar diminuir o custo da participação dos pilotos nos eventos e facilitar a entrada de novos kartistas, fortalecendo a modalidade como um todo”, destaca Carcasci.

Além das mudanças técnicas, a CNK também anunciou algumas alterações e novidades nas premiações e ações de marketing, com o intuito de elevar o esporte e a conquista dos pilotos e equipes.

Entre as medidas de destaque nesta área está a “Premiação Cruzada”, que vai assegurar a inscrição gratuita para os campeões da Copa Brasil correrem o Brasileiro e vice-versa – no caso do Brasileiro valeria para a Copa Brasil 2022.

Como nas principais competições de automobilismo do mundo, a CNK também premiará o mecânico ou chefe de equipe do piloto vencedor de cada categoria com um troféu, que será entregue durante a premiação no pódio. “Será uma forma de valorizar ainda mais o trabalho destes profissionais”, ressalta Carcasci.

Outra modificação, adotando também o exemplo dos principais campeonatos de todo o mundo, será a presença apenas dos três primeiros colocados no pódio (com entrega de troféus) nas categorias de formação: Júnior, Graduados, KZ, OK Junior e OK. “A intenção é que o bom resultado tenha ainda mais importância para aqueles que estão aprendendo e que buscam seguir carreira no esporte”, avalia o presidente da CNK.

Destaques no regulamento das categorias – Na categoria KZ, o regulamento – que já era bem próximo ao da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) – passará agora a seguir totalmente o da entidade máxima do esporte a motor mundial.

As categorias OK FIA e OK Junior FIA também foram inseridas na programação da Copa Brasil, utilizando motor próprio e seguindo todas as normas da FIA para já estarem alinhadas com as regras que serão utilizadas no Mundial FIA, que acontecerá no Brasil em outubro.

Outra novidade será a criação da categoria F4 Júnior, permitindo aos pilotos que queiram correr de motor 4 tempos terem uma alternativa quando saírem das categorias Mirim e Cadete, já que o salto para a F4 Graduados é considerado muito grande. “As categorias com motores 4 tempos têm um custo menor, por isso se encaixam bem ao mercado brasileiro atual e podem contribuir para um número maior de praticantes”, lembra Carcasci.

A CNK também anunciou a liberação de chassis importados com homologação FIA e autorização da CBA para a categoria Júnior Menor, visto que o mesmo chassi poderá ser utilizado na categoria Júnior. Desta forma, os chassis importados só não estão liberados nas categorias de F4, Novatos e Sênior B.

Para trazer mais equilíbrio e disputa, também ficou definido que os pilotos da categoria Sênior A só poderão disputar a categoria F4 Graduados e não mais a F4 Sênior, que será reservada aos pilotos Sênior B e Super Sênior.

Já as categorias Sênior B e Novatos passarão a correr juntas, mas pontuando separadamente. Em virtude do nível muito próximo de experiência dos pilotos de ambas as categorias, esse modelo servirá como um primeiro estágio para uma união futura entre as duas.

Outra alteração regulamentar há muito aguardada é a autorização para o retrabalho dos motores, permitindo uma maior equalização e competitividade. Diferente da preparação livre existente no passado, os limites agora de retrabalho nas 'camisas' dos cilindros serão os valores informados nas Fichas de Homologação de cada modelo dos fabricantes.

Faça o download do RNK e de seu adendo.

Fonte: FG Com

  • 18/03/2021 11:53 Daniel Bianchi

    Como será que teria ficado o grid da f4 senior com essas mudanças, no brasileiro de 2020?

  • 19/03/2021 11:26 ivan milani

    sabia decisão,acabou os toma lá dá cá ,parabéns,carcasci