publicidade
09/12/2019 12:56

Campeonato Baiano chegou ao fim depois de seis etapas no Kartódromo Ayrton Senna


Foto: Gabriela Simões

Euvaldo Luz (12) e Diogo Freitas (14)


Com disputa até a última bateria entre três pilotos na categoria F4, a principal da competição, o Campeonato Baiano de 2019 chegou ao seu fim após a disputa de seis etapas. Uma prova de tirar o fôlego, recheada de alternativa, fechou com chave de ouro uma temporada que vai ficar para a história, devido ao alto nível técnico dos pilotos.

No final, falou mais alto a experiência. Com mais horas de pistas que os adversários, Euvaldo Luz mostrou preparo e concentração de veterano para conseguir chegar na frente, com vantagem para Alexandre Rosário e Diego Freitas na primeira bateria da F4. Na segunda, não conseguiu completar junto com Alexandre, que fez uma temporada de recuperação e trouxe mais emoção para o campeonato, mas a vitória na primeira foi suficiente para garantir o título.

Após os descartes, Euvaldo Luz terminou na frente de Diego Freitas no número de vitórias na temporada, seguido de Alexandre Rosário, na terceira colocação. Euvaldo também ficou com o título da categoria Master, sem a presença do seu maior adversário Valdemiro Oliveira, que não disputou a última etapa. A categoria Light já tinha um vencedor, Diogo Moscato, desde a quinta etapa.

Sem a presença do campeão, que ficou apenas curtindo a disputa, na pista a briga foi entre Adeilton Joventino e Arthur Bomfim. Na Rental, Francisco Sampaio foi o campeão, ficando Thiago Villa Nova na segunda colocação.

O Campeonato Baiano tem o patrocínio da Haus / BMW / Mini e conta com o apoio da Alfano, Festcor, Bomix, Aros Prime, Lojão da Orla, Novotempo, Pizza Hut e Transportadora Moscato.

Resultados do Campeonato Baiano:
Rental:
1º) Claustério Pimentel
2º) Francisco Sampaio
3º) Thiago Villa Nova
4º) Danilo Fonseca

F4 Light - 1ª bateria:
1º) Francisco Sampaio (33)
2º) Danilo Pimentel (151)
3º) Arthur Bomfim (8)
4º) Adeilton Joventino (12)
5º) Rogério Piaggio (13)
6º) Jaime Marques (63)
7º) Mardson Ramos (79)
8º) Jorge Oliveira (15)
9º) Wilson Maciel (11)

F4 - 1ª bateria:
1º) Euvaldo Luz (12)
2º) Alexandre Rosário (34)
3º) Diego Freitas (14)
4º) Danilo Fernandes (55)
5º) Paulo Galeas (70)
6º) Eric Seldmayer (9)
7º) Marcos D'Albuquerque (95)
8º) Júlio César (68)
9º) Beppe Hans Askerbo (11)
10º) Armando Duran (71)
11º) Bruno Barral (30)
12º) Ivo Mário (122)
13º) Zilney Campello (7)
14º) Luiz Avaci (410)

F4 Master - 1ª bateria:
1º) Euvaldo Luz (12)
2º) Paulo Galeas (70)
3º) Júlio César (68)
4º) Armando Duran (71)
5º) Zilney Campello (7)
6º) Luiz Avaci (410)

F4 Light - 2ª bateria:
1º) Arthur Bomfim (8)
2º) Danilo Pimentel (151)
3º) Adeilton Joventino (12)
4º) Mardson Ramos (79)
5º) Jorge Oliveira (15)
6º) Wilson Maciel (11)
7º) Jaime Marques (63)
8º) Lucas Oitaven (66)
9º) Rogério Piaggio (13)
10º) Marcos Barral (22)

F4 - 2ª bateria:
1º) Paulo Galeas (70)
2º) Diego Freitas (14)
3º) Danilo Fernandes (55)
4º) Beppe Hans Askerbo (11)
5º) Bruno Barral (30)
6º) Ivo Mário (122)
7º) Luiz Avaci (410)
8º) Zilney Campello (7)
9º) Marcos D'Albuquerque (95)
NC Alexandre Rosário (34)
NC Euvaldo Luz (12)
NC Júlio César (68)
NC Armando Duran (71)

F4 Master - 2ª bateria:
1º) Paulo Galeas (70)
2º) Luiz Avaci (410)
3º) Zilney Campello (7)
NC Euvaldo Luz (12)
NC Júlio César (68)
NC Armando Duran (71)

Fonte: Miguel Brusell

  • Não há comentários cadastrados até o momento!