publicidade
17/05/2019 09:31

Campeão brasileiro da Júnior em 2009 assume posto de race engineer da Hitech na W Series na Inglaterra


Foto: Divulgação

André Pedralli


Campeão brasileiro de kart pela Júnior em 2009, André Pedralli vive agora uma nova aventura. Aventura? Que nada. O piloto paranaense vive, na verdade, os encantos de exercer sua profissão, a de engenheiro mecânico, no automobilismo europeu.

Compondo a Hitech, equipe responsável por toda a parte técnica nos carros da W Series, a primeira categoria exclusivamente feminina do automobilismo mundial, Pedralli está usufruindo de sua primeira oportunidade de trabalho na Europa.

André Pedralli, 24 anos, que hoje está morando na Inglaterra, formou-se engenheiro mecânico em 2017 em sua cidade, Cascavel, no Paraná. Foi lá que ele iniciou sua carreira no kartismo para, mais tarde, competir também na Fórmula 4 e Fórmula 3.

Após se formar em 2017, Pedralli foi para a Inglaterra para fazer um “short course”, um curso rápido para encaminhar seu mestrado em Motorsport Engineering, que deverá concluir no final de 2019. Envolvido em cursos de engenharia voltados aos carros de competição desde 2016, Pedralli esteve neste meio tempo no departamento de engenharia da Porsche no Brasil, comandado por Dener Pires.

“O Dener foi quem primeiro abriu as portas para mim. Estive lá dentro por quase duas temporadas, quando ganhei muita experiência, o que foi fundamental para que eu desse início em minha carreira na Inglaterra”, lembra, agradecido, André Pedralli.

Por intermédio de Rodrigo Contin, que chefiava as operações da Hitech no Brasil, Pedralli visitou a sede da equipe inglesa em 2017. Lá, em contato com Oliver Oakes, campeão mundial de kart em 2005 e proprietário da equipe, o paranaense encaminhou uma conversa para trabalhar no time.

“A primeira vez que fui na Hitech foi para conhecer a equipe e isso graças ao Rodrigo Contin, que também me apoiou e ajudou muito nesse tempo todo”, recorda Pedralli. “Depois, tive um novo contato, mostrei meu currículo para o Oliver e falamos sobre a possibilidade de eu integrar a equipe, o que acabou acontecendo”.

André Pedralli, que continua fortemente focado nos estudos, é atualmente um dos “race engineer” da Hitech, que coordena toda a parte técnica na W Series. “Sou um engenheiro de corrida, aquele que fica no pitwall e fala com o piloto pelos fones”, explica André Pedralli. “Dentre as minhas funções está também definir a estratégia de treinos, de pneus e de setup do carro”, finaliza, orgulhoso, aquele que, aos 14 anos, foi campeão brasileiro de kart e hoje inicia uma promissora carreira em um dos polos do automobilismo mundial.

Fonte: Portal Kart Motor | Erno Drehmer

  • Não há comentários cadastrados até o momento!