publicidade
23/07/2019 10:58

Lucas Staico foi campeão brasileiro pela Júnior e mantém ótimo desempenho da Academia Shell na categoria


Foto: Bruno Gorski

Lucas Staico


A Academia Shell Racing manteve a soberania e conquistou com Lucas Staico mais um título no Campeonato Brasileiro, que teve as finais da primeira fase disputadas neste sábado (20), no Kartódromo Delci Damian, em Cascavel (PR). Vale destacar o ótimo retrospecto da maior patrocinadora do esporte a motor do Brasil na competição. Vice-campeã com Gianluca Petecof, em 2016; Campeão com Diego Ramos e Felipe Baptista (Codasur Júnior), em 2017 e vice-campeão com Gabriel Crepaldi, em 2018.

O maior destaque da primeira semana de competição foi Lucas Staico. Disputando a categoria Júnior, o piloto mineiro teve uma atuação impecável durante toda a competição e faturou o título de forma soberana, com quase 15 segundos de vantagem para o segundo colocado na disputa final.

Durante toda a semana, Staico mostrou grande desempenho cravando a pole e vencendo duas das três provas disputadas na categoria Júnior. Na corrida final, o competidor mineiro, de 14 anos de idade, fez grande largada e manteve a primeira colocação. Com um ritmo forte, Lucas cravou volta mais rápida atrás de volta mais rápida e abriu uma boa diferença nas primeiras voltas. Com a boa margem conquistada, o jovem talento da Academia Shell continuou focado e fechou a disputa com quase 15 segundos de vantagem para o segundo colocado, a maior registrada no campeonato até aqui. Foi o primeiro título brasileiro e o primeiro pela Academia Shell conquistado por Lucas.

Dennis Dirani também teve boa participação na fase inicial da competição. Disputando a classe Codasur, o piloto mais experiente da Academia Shell teve boa consistência durante toda a semana e fechou sua participação com uma grande corrida de recuperação.

Após partir da oitava posição na corrida final, Dirani caiu para o 12º lugar. Com paciência e velocidade, Dennis foi escalando o pelotão e já era o nono no quinto giro. Duas voltas mais tarde, já aparecia na sétima colocação após fazer a sua melhor volta da prova. Com bom ritmo, o tetracampeão brasileiro de kart ultrapassou mais um adversário e contou com o abandono de outro concorrente para fechar a prova no 5º lugar.

Após o término da prova, Dennis Dirani foi penalizado com o acréscimo de cinco segundos no seu tempo e perdeu a quinta colocação conquistada na pista.

A primeira mulher a representar a Academia Shell no Campeonato Brasileiro, Aurélia Nobels competiu na divisão Júnior Menor e fez um bom trabalho. Partindo da 19ª posição, Nobels mostrou habilidade para fugir do enrosco na primeira volta e ganhar duas posições. Competitiva, Aurélia ultrapassou mais quatro adversários e fechou sua participação em 13º lugar.

Richard Annunziata e Gabriel Crepaldi disputaram a categoria Codasur. Annunziata mostrou bom poder de reação após largar em 14º, cair para o final do grid e fechar a prova em 13º lugar. Já Crepaldi não teve a mesma sorte. O piloto de Birigui sofreu um toque logo na primeira volta e teve de abandonar a disputa.

A segunda semana do Campeonato Brasileiro começa nesta segunda-feira (22). Gateno Di Mauro, Dennis Dirani, Lucas Staico, Gabriel Crepaldi e Richard Annunziata representarão a Academia Shell nesta fase da competição.

Estamos trabalhando durante meses na pista para poder ter o melhor rendimento possível. Quero agradecer a equipe e os preparadores que fizeram um ótimo trabalho. Estou muito feliz em conquistar o título brasileiro, o meu primeiro pela Academia Shell. Espero que seja o primeiro de muitos”, comemorou Lucas Staico.

“Consegui o pódio na pista, mas pela confusão do início da corrida acabei punido com cinco segundos. No geral foi uma corrida divertida, foi bem difícil. Cai para 12º no começo da corrida e vim recuperando até chegar em quinto. No final, meu ritmo era igual ao dos líderes. É uma pena, mas regras são regras e existem para serem aplicadas. É isso, valeu a corrida. Foi bem bacana, consegui fazer várias ultrapassagens”, disse Dennis Dirani.

'A largada foi muito difícil, mas consegui escapar das confusões e ganhei algumas posições. Fiquei feliz, consegui subir e fazer boas ultrapassagens. Terminei a corrida em 13º. A prova estava muito competitiva. Acredito que foi um resultado bom, pois fiz um ótimo tempo, perto do tempo do primeiro. Meu traçado estava perfeito e eu estava 100% focada', disse Aurélia Nobels.

Depois de bons tempos nos treinos, andando sempre entre os cinco primeiros, fomos confiantes para tomada, mas infelizmente houve uma falha no motor e classificamos em nono.  Na primeira corrida fui tirado da prova logo na curva um, terminando em 29º. Na segunda, tive boa recuperação e fui 11º. Na pré-final, com a soma dos dois resultados, larguei de 21º e depois de uma largada intensa, cai pra 26º tendo que remar novamente, terminando na 14º posição e fazendo a melhor volta da prova. Na final estávamos confiantes, mas infelizmente me envolvi num acidente logo na largada e acabei abandonando a prova. Agora é focar na segunda semana e buscar a vitória. Nosso kart está bem acertado e acredito que podemos brigar pelo título. Quero desejar sorte aos meus companheiros de Academia Shell”, esclareceu Gabriel Crepaldi.

“O Campeonato Brasileiro é sempre o mais importante do ano e por isso não podemos errar. Cometemos um erro, mas mantemos o foco e conseguimos ganhar a pré-final. Foi muito bom, o Lucas e toda a equipe mereceram a vitória. A Aurélia fez uma grande corrida de recuperação na Júnior Menor, quase chegou no top 10. Estamos fazendo um bom trabalho, ela tem evoluído muito durante o ano e está sendo um grande aprendizado para nós também. Nós usamos a Codasur mais para treinar e os pilotos conhecerem o traçado e pegar o acerto do kart. O Gabriel foi bem rápido nos treinos, mas ele teve um problema no motor e isso atrapalhou muito o desempenho. Na final ele estava bem rápido, mas acabou batendo. O Richard perdeu cinco treinos pois conseguimos inscrevê-lo na última hora. Fez uma boa final, estava bem competitivo e chegou em 13º. A Academia Shell está fazendo história no kartismo nacional e esse título mostra isso. Mais uma vez o trabalho vem sendo bem feito e quero parabenizar todos da Academia Shell. Vamos para segunda fase conquistar mais títulos”, comentou Onassis de Souza, chefe de equipe.

Fonte: Luis Ferrari

  • Não há comentários cadastrados até o momento!