publicidade
14/12/2020 16:38

Giovana Marinoski avalia sua estreia no Campeonato Brasileiro como uma grande aula


Foto: Gilmar Rose

Giovana Marinoski


Nem mesmo o dedo indicador da mão direita quebrado tira a alegria de ter disputado seu primeiro Campeonato Brasileiro da paranaense Giovana Marinoski, da equipe Clínica Pneumoair / Explorer Informática / Ananias Imóveis.

Ela bateu na sexta-feira e, mesmo sentindo dores no dedo, continuou competindo. Ao retornar a São José dos Pinhais, no Paraná, fez exames, quando foi confirmado que o dedo está quebrado.

Giovana conquistou a 24ª colocação entre os 34 participantes da categoria Cadete. A primeira fase da competição terminou sábado, no Kartódromo Speed Park, em Birigui, interior de São Paulo. A trajetória da kartista paranaense foi 32º no grid de largada, 28ª na primeira prova classificatória, 29ª na segunda e 24ª na terceira. Na Final, largou em 30ª, depois de ter trocado o motor fraco que ganhou no sorteio. Com uma boa corrida, ela conquistou a 24ª colocação.

Giovana foi a única menina a disputar a categoria Cadete e foi premiada pela CBA com o Troféu Meninas do Kart. Ela considera seu primeiro Brasileiro uma grande aula e destaca a evolução a cada treino. “Foi um grande aprendizado, que projeta coisas boas para o futuro. Se tivéssemos treinado mais no Speed Park, o resultado poderia ter sido melhor”, frisa Giovana.

Fonte: Luiz Aparecido

  • Não há comentários cadastrados até o momento!