publicidade
14/09/2018 16:34

Com cinco vitórias e invicto, Giuliano Raucci conquistou o Brasileiro de Rotax e vaga no Rotax Max Finals


Foto: Planet Kart Images | Cris Reis

Giuliano Raucci


Foi o primeiro evento nacional do piloto paulista Giuliano Raucci (KR Brasil | Medina Motorsport | Vecol | ADS | Pizza Cappo) no comando do Kart Republic, chassi lançado na Europa em 2017 por ninguém menos que Dino Chiesa, conhecido como o Adrian Newey do kart e criador de karts arrebatadores de vitórias e títulos, como os chassis CRG e Zanardi.

Em seu ano de homologação CIK/FIA e estreia, o novo “bambino” de Chiesa já faturou um título mundial e despertou grande interesse do mercado desportivo dos micromonopostos. Recém desembarcado no Brasil – trazido pela KR Brasil (Kart Republic Brasil) – o “telaio” recebeu em seu cockpit outro multicampeão e arrebatador de títulos, o piloto paulista Giuliano Raucci, fera que dispensa qualquer tipo de apresentação. Raucci e seu Kart Republic debutaram em agosto, na sexta etapa da Copa São Paulo KGV, ainda falando “muito prazer” um para o outro, mas já colecionando duas chegadas no top três da Rotax Max Masters.

O 2º Campeonato Brasileiro Rotax, disputado entre os dias 4 e 7/9 no magistral Kartódromo Internacional Speed Park, em Birigui, foi o evento imediatamente seguinte à rodada da Copa São Paulo KGV, portanto o primeiro campeonato completo de Raucci com seu Kart Republic.

Com os ajustes perfeitos da Medina Motorsport e um potentíssimo motor, feito pelo preparador Fernando Meira, Giuliano começou com o pé direito literalmente embaixo, já que venceu as cinco corridas disputadas, cravou duas melhores voltas de corrida e faturou, invicto, o título de Campeão Brasileiro Rotax Max Sênior.

Pré-final da Sênior Max e Max Master – classes com grid conjunto – e a pole era de Giuliano Raucci, vencedor das três corridas classificatórias, que optou por largar por fora, deixando a linha interna para Christian Fliter, o P2 da grelha de partida. Raucci largou bem e manteve a ponta, mas na longa reta do Speed Park o trabalho de vácuo permitiu que Guilherme Peixoto tomasse a ponta da corrida e abrisse ligeira vantagem.

Duas voltas depois, Giuliano Raucci conseguiu descontar a vantagem do líder e retomou a ponta. Nas voltas restantes Raucci tratou de abrir ampla vantagem, para vencer mais uma vez com seu Kart Republic. O também paulista Christian Fliter ficou com a segunda colocação e Paulo Coelho com a P3.

A ordem de chegada da Pré-final era formadora do posicionamento da grelha de partida para a bateria Final, que definiria o campeão de 2018, pelo que a posição de honra coube ao ex-piloto da F4 italiana – e vencedor do GP de Mugello de 2016.

Autorizada a largada, Giuliano Raucci manteve a vantagem da pole position, assumiu a ponta da corrida, mas passou a receber forte pressão do piloto de Jaú, Fernando Croce. O embate prosseguiu por várias e seguidas voltas, mas o ritmo de Giuliano era avassalador e, paulatinamente, passou a abrir vantagem para seguir tranquilo em direção ao alto do pódio. Completadas as 25 voltas regulamentares de corrida, o veloz #25 de Giuliano Raucci foi o primeiro a receber a bandeira quadriculada, divisando a linha de chegada com mais de cinco segundos de vantagem para Christian Fliter, o segundo colocado.

Giuliano conquistou o título de forma invicta. Venceu as cinco corridas e, de quebra, cravou a melhor volta da prova na Final. O resultado também rendeu ao representante da KR Brasil, Medina Motorsport, Vecol, ADS e Pizza Cappo o passaporte para as Olimpíadas de Kart, o Rotax Max Challenge Grand Finals, que este ano será disputado no Circuito Paladino, na Paraíba.

Neste final de semana Giuliano Raucci (KR Brasil | Medina Motorsport | Vecol | ADS | Pizza Cappo) está de volta ao seu quintal de casa, o Kartódromo Granja Viana, onde disputará, com seu Kart Republic a 7ª etapa da Copa São Paulo KGV, pela categoria Max Master.

Fonte: Planet Kart Marketing Esportivo

  • Não há comentários cadastrados até o momento!