publicidade
31/07/2020 07:59

Super Karts Sul e Sudeste (SKS) lança novo calendário e medidas de proteção e combate à Covid-19



Com apenas um encontro em atraso em virtude da pandemia de Covid-19, o Super Karts Sul e Sudeste (SKS) divulga novo calendário para suas três etapas restantes neste ano e estabelece protocolos para suas corridas visando respeitar as normas mais recentes de combate à doença. As novas datas são 26 de setembro, 24 de outubro e 28 de novembro, sendo a primeira delas marcada para acontecer no Kartódromo de Registro (SP).

Quatro etapas estavam previstas para serem realizadas neste ano. Destas, apenas uma aconteceu, a abertura em Rio Negro (PR) em fevereiro. A segunda estava prevista para o dia 25 de abril em Registro, mas essa data coincidiu com o começo da pandemia no Brasil.

“Desde o dia 11 de março todos nós ficamos apreensivos por conta deste novo contexto que o coronavírus nos trouxe. Todos os setores foram afetados e agora enxergamos que este é o momento de nos adaptarmos a uma nova rotina, ao chamado ‘novo normal’, e assim será até a vinda da vacina”, afirma Pedro Giulliano, organizador e promotor do SKS.

De acordo com o promotor, a continuidade do calendário deverá equalizar o bom senso, as boas práticas e a necessidade de movimento. Além disso, destaca o esforço do Kartódromo de Registro neste momento.

“Registro é a casa perfeita para esse retorno. O Clodoaldo Gato, atual administrador do espaço, tem sido um dos mais responsáveis e coesos desde o início da pandemia. Aplicaram rigorosos protocolos, ficou fechado apenas em março e abril, e desde lá atende a todas as normas municipais e estaduais quanto a abertura do espaço”, diz.

Pedro ainda ressalta o bom diálogo com o Kartódromo para realizar a corrida dentro do novo contexto. “Eu nunca quis fazer corrida escondido ou infringindo alguma regra dos locais que nos recebem tão bem. Preferia encerrar o campeonato esse ano a colocar alguém ou algum parceiro em risco. Entretanto, nas negociações e nos constantes contatos com o Clodoaldo, senti uma segurança muito grande em aplicar um protocolo de segurança sanitária sem ser prejudicial ao âmbito desportivo, e isso nos deu solidez em querermos continuar com a nossa história”, disse.

Clodoaldo Gato também se mostrou empolgado em receber a prova em seu espaço e destaca a oportunidade para os pilotos da região. “Estamos muito honrados em receber a SKS no seu ano inaugural. Esperamos que esta parceria cresça muito nos próximos anos, possibilitando aos kartistas da nossa região uma maior interação com os melhores desta categoria em seus Estados”, disse.

PROTOCOLOS – Desde o começo de maio, o SKS possui um protocolo de normas, condutas e práticas pronto para ser aplicado, aguardando desde então as situações políticas e práticas das praças ficarem mais claras. “No dia 4 de maio escrevemos um protocolo sanitário com mais de vinte páginas, abordando todos os aspectos do kartismo dentro da pandemia, sobre como o kartismo seria possível por ser um esporte individual em termos de equipamentos e procedimentos, mesmo que praticado individualmente”, diz Pedro.

Neste protocolo, além das óbvias instruções sobre distanciamento, higienização de espaços e restrições de circulação ao prever corridas com portões fechados, o SKS também inova em termos de estrutura pessoal para o encontro. “Em Registro nós integraremos um profissional de saúde à nossa estrutura pessoal de corrida, cujo único encargo será de fiscalizar a conduta de todos com relação às normas vigentes, como conferir o uso de máscaras e dissolver aglomerações caso necessário, entre outras funções”, comenta.

De acordo com a organização, esse profissional terá status de autoridade desportiva dentro do ambiente de corrida, com plenos poderes de aplicação do regulamento da competição, podendo punir, excluir da competição ou até mesmo expulsar do kartódromo aquela pessoa que não cumprir com as normas estabelecidas para corrida.

Além disso, a organização da SKS pretende mobilizar uma ação conjunta para ajudar e apoiar os profissionais de saúde do município de Registro, em um formato que será decidido ainda nas próximas semanas.

OUTRAS DATAS – De acordo com o calendário divulgado pela organização, o SKS prevê mais duas corridas além desta em Registro. Entretanto, a organização informa que os locais serão definidos conforme a realidade de cada município. “As datas estão cravadas e só serão alteradas por motivos de força maior. Os locais estão sujeitos a alterações dependendo inteiramente dos panoramas sanitários e políticos de cada região, e das adequações de cada praça visando o combate à doença”, conclui Pedro.

A SKS é um produto da Mundo Velocidade Eventos e Serviços em conjunto com a Mano’s Kart, e conta com o apoio e incentivo da Jipepar, Boa Vista Rastreamento, GCM Assessoria em Mídia e Soluemba Embalagens Industriais.

Fonte: Divulgação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!