publicidade
11/03/2020 09:46

Alberto Otazú venceu a segunda etapa consecutiva da F4 AKASP


Foto: Divulgação

Alberto Otazú


O piloto Alberto Otazú (Pailler Racing / Bianchi Automóveis / Cardoso Funilaria e Pintura / No Fire Services / Speed Truck / Rolley Ball / AVSP) começou com força total no longo campeonato de F4 da Associação de Kart Amador de São Paulo (AKASP).

Menos de uma semana após vitória na abertura do certame, ele venceu na segunda-feira (9) a 2ª etapa de forma dominante, liderando de ponta a ponta e ainda estabelecendo a volta mais rápida. Na segunda posição, 12s788 atrás, terminou Otávio Lotfi, que assumiu a liderança isolada do torneio. Otazú ocupa a segunda e terceira posição, ao lado de Hélio Bianchi e Rogério Cebola, respectivamente.

Estou feliz por vencer a segunda etapa seguida com karts diferentes e manter a minha invencibilidade em 2020. Agradeço e dedico esta vitória ao dono do kart, desta vez meu parceiro Hélio Bianchi”, comemorou Otazú, que no ano passado foi vice-campeão da categoria justamente ao lado de Bianchi.

Logo na largada, Alberto Otazú saiu na frente, mas na primeira curva levou um toque de Otávio Lotfi, que espalhou e perdeu várias posições. Enquanto Otazú ia abrindo vantagem na frente, Lotfi ia fazendo voltas rápidas e recuperando posições, até ultrapassar Emílio Di Bisceglie e assumir a vice-liderança. Na 20ª volta, Otazú ganhou um ponto extra pela volta mais rápida (39s841).

As brigas intermediárias eram intensas, principalmente entre André Relvas, Rogério Cebola e Heraldo Brasil, que chegaram a seguir nesta ordem. Campeão do ano passado ao lado de seu filho Bruno, Arnaldo Biondo não conseguiu um bom desempenho desta vez e terminou em sétimo.

A novidade desta etapa foi o retorno de Sandro Ferraris ao campeonato, e a estreia de Edu Abrantes, como prêmio por ter vencido o campeonato da AKSP (Associação dos Kartistas de São Paulo) no ano passado, na categoria Graduados e também na Sênior.

A terceira das 40 etapas será no dia 18 de março, novamente no Kartódromo Granja Viana, com os seis primeiros desta prova largando em posições invertidas.

O campeonato da AKASP é composto por cinco turnos, com oito etapas cada. A decisão do certame sempre fica para o turno final, que começa com a pontuação recalculada depois das bonificações ao fim das 32 primeiras etapas. O certame de F4 é disputado com karts Mega dos próprios pilotos, mas acertos de chassi fixos, equipados com motor Honda GX 390, de 18 hp, equalizados e sorteados pela MFS Racing. A novidade desta temporada é a utilização dos pneus Lecont.

Alberto Cesar Otazú tem o apoio de Autódromo Virtual de São Paulo (AVSP), Bianchi Automóveis, Cardoso Funilaria e Pintura, No Fire Services, Rolley Ball, Speed Truck, Pailler Racing. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde, Direção para a Vida e Rotary Club Ponte Estaiada.

Resultado da segunda etapa da F4 da AKASP: 1) Alberto Otazú/Hélio Bianchi, 36 voltas em 25min11s586; 2) Otávio Lotfi, a 12s788; 3) Emílio Di Bisceglie/Bruno Biondo, a 13s463; 4) André Relvas/Luiz Reche, a 19s706; 5) Rogério Cebola/Alberto Otazú, 20s031; 6) Heraldo Brasil, a 20s733; 7) Arnaldo Biondo/Bruno Biondo, a 40s492; 8) Luiz ‘Sadan’ Sucupira/ Sérgio Luís, a 1 volta; 9) Walter Vignati, a 2 voltas; 10) Sandro Ferrari, a 2 voltas.

Fonte: Master Mídia Marketing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!