publicidade
16/09/2019 10:07

Academia Shell Racing conquistou vitórias no Light e pódio no Alemão de Fórmula 4


Foto: Bruno Gorski

Lucas Staico


A Academia Shell Racing teve seus representantes em ação na pista pela Copa SP Light e Alemão de Fórmula 4, e terminou o fim de semana com resultados bastante positivos, com direito a vitórias e pódios.

Na sétima etapa da Copa São Paulo Light, em Interlagos, a maior patrocinadora do esporte a motor brasileiro triunfou duas vezes com Lucas Staico. Gabriel Crepaldi obteve um segundo lugar e Aurélia Nobels alcançou o top 10 nas duas provas.

Competindo na categoria Júnior, Lucas Staico partiu da segunda posição para a disputa da primeira bateria do dia. Após manter a posição por duas voltas, o piloto assumiu a ponta da corrida no terceiro giro. Na frente do pelotão, o competidor mineiro fez por diversas vezes a volta mais rápida da corrida, abriu uma vantagem confortável e venceu a primeira prova do dia.

Como o regulamento prevê a inversão das cinco primeiras posições para formação do grid da segunda corrida, Lucas partiu da quinta colocação e fechou a primeira volta em terceiro lugar. Na segunda passagem ele já aparecia em segundo lugar, colado no líder da prova. Com um ótimo ritmo, o piloto da Academia Shell assumiu a liderança na terceira volta. Repetindo a estratégia da primeira corrida, o competidor fez novamente volta mais rápida seguida de volta mais rápida até abrir mais de três segundos de diferença para o segundo colocado. Na parte final da prova, Staico apenas administrou a grande vantagem e venceu mais uma vez.

Fomos segundo na tomada de tempos. Consegui ir para primeiro já na largada e imprimi um forte ritmo para vencer. Na segunda bateria, larguei em quinto e assumi a liderança logo no começo. Fiz algumas voltas rápidas e ganhei de novo. Quero agradecer a todos da equipe pelo ótimo trabalho. Estou muito feliz”, disse Lucas Staico.

Pela divisão Graduados, Gabriel Crepaldi largou em quarto e manteve a posição. Na segunda volta, o piloto de Birigui fez boa manobra e assumiu o terceiro lugar. Após boa disputa, Crepaldi sobe mais uma posição e aparece em segundo na volta número sete. Nos giros seguintes, o piloto fez por duas vezes a volta mais rápida da prova, mas não conseguiu a ultrapassagem e terminou a primeira bateria em segundo lugar.

Na disputa seguinte, o competidor da Academia Shell não fez boa largada e caiu de quarto para quinto posto. Na parte inicial da prova, mesmo mantendo-se sempre próximo ao pelotão da frente, Crepaldi não teve nenhuma oportunidade real de ultrapassagem. Nas voltas finais, Gabriel apertou ainda mais o ritmo se aproximando do seu adversário, mas finalizou a prova na quinta posição.

Ficamos em quarto na tomada de tempos. Mantive a posição após a largada e vim crescendo na prova. Ultrapassei alguns adversários e me mantive boa parte da prova em segundo lugar. O líder já tinha boa distância e acabei sendo o segundo mesmo. Cai para quinto na largada da segunda prova e não consegui evoluir. Não conseguimos o resultado que esperávamos na, mas está bom. Fomos rápidos na primeira corrida, consegui fazer a melhor volta e conquistei o melhor resultado do ano. Quero agradecer a todos da minha equipe, ao meu mecânico e a Shell por todo o apoio”, declarou Gabriel Crepaldi.

Após alinhar o kart na 20ª posição para a disputa da primeira corrida da classe Júnior Menor, Aurélia fez grande largada e fechou a primeira volta em 13º, ganhando sete posições. Dois giros mais tarde, Nobels fez bonita ultrapassagem e assumiu o 12º posto. Na metade final da prova, a primeira mulher da Academia Shell conseguiu ultrapassar mais alguns adversários para fechar a boa corrida de recuperação em nono lugar.

Na segunda prova do dia, Aurélia partiu da nona posição e fechou a primeira volta em sétimo lugar. Na quarta passagem, Aurélia fez boa ultrapassagem para assumir o sexto posto. Após assumir o quinto lugar, a competidora foi tocada por um adversário e acabou caindo para décimo. Nas voltas finais, Aurélia recuperou duas posições e finalizou novamente entre os 10 primeiros colocados.

Na primeira bateria eu larguei do 20° lugar. Fiz algumas ultrapassagens e já na quinta volta eu estava em décimo. No fim da prova, ultrapassei mais um piloto e cheguei em nono. Na segunda bateria estava muito rápida, chegando nos pilotos da frente, mas um piloto me ultrapassou e me jogou para fora e perdi algumas posições, cheguei em oitavo. Estou muito feliz com o meu resultado. Foi minha melhor corrida do ano, foi um grande aprendizado e espero continuar assim, bora para próxima”, comentou Aurélia Nobels.

Já o representante da Academia Shell Racing no Alemão de Fórmula 4, Gianluca Petecof começou o fim de semana de Hockenheim com uma bela corrida de recuperação no sábado: depois de largar no fim do pelotão, o integrante da Academia da Ferrari galgou posições e cruzou a linha de chegada em sexto.

Neste domingo (15), Petecof largou em quarto na segunda corrida e, já nos primeiros metros, saltou para o segundo lugar. Com tranquilidade, o brasileiro manteve a posição durante toda a corrida. Foi o quarto pódio do piloto brasileiro na temporada do Alemão de F4.

Na terceira prova, Gianluca largou em sétimo, com a regra do grid invertido em relação à prova 2, mas acabou encaixotado na segunda curva e foi envolvido num contato, o que lhe fez cair para as últimas colocações.

Com a entrada do Safety Car, Petecof conseguiu alcançar o pelotão e, com uma atuação combativa, saltou de 17º para oitavo ao longo da prova e marcou pontos importantes que o levaram à quinta colocação na classificação geral do campeonato.

'Fim de semana difícil, mas de muita recuperação e pontos nas três corridas e um pódio, apesar de alguns problemas. Uma classificação ruim unida com uma punição da corrida anterior nos colocou em último no grid. Lutamos e chegamos em sexto. Tivemos uma ótima corrida 2, chegando em segundo. Na terceira corrida, largando de sétimo com o grid invertido, tive um contato na primeira volta e caí para último de novo, mas mesmo com esse problema, ainda consegui lutar e chegar em oitavo. Consegui mais pontos e estou em quinto no campeonato, não longe do quarto. Vamos aproveitar a última etapa, em Sachsenring, uma pista que eu não conheço, para tentar o máximo de pontos e troféus para quem sabe terminar em terceiro no campeonato', esclareceu Gianluca Petecof.

Daqui a duas semanas Gianluca encerra sua participação no Alemão de Fórmula 4 com a rodada tripla no circuito de Sachsenring.

Fonte: Luis Ferrari

  • Não há comentários cadastrados até o momento!