publicidade
03/08/2020 15:05

Abertura da GT Sprint Race teve seis vencedores diferentes em suas três divisões em Cascavel


Foto: Luciano Santos

Sobrou emoção na segunda corrida da etapa de abertura da GT Sprint Race, realizada na tarde do último sábado, no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel. Após largar em segundo e fazer um duelo acirrado com o pole Diego Ramos, Ricardo Sperafico garantiu a primeira vitória na temporada.  Diego, que já havia sido 2º pela manhã, repetiu o resultado, enquanto Luciano Zangirolami completou o pódio em terceiro.

Como na prova da manhã, a da tarde repetiu a emoção e teve como ponto alto a briga pela liderança entre o jovem Diego e o experiente Ricardo Sperafico. Diego conseguiu segurar a pressão durante grande parte da corrida, mas acabou errando e foi superado na reta dos boxes. A partir daí, Ricardo precisou apenas manter a tranquilidade para assegurar o resultado positivo.

Mesmo com o resultado positivo da dupla - seu irmão ficou em terceiro na prova 1 -, Ricardo reconhece que há muito pela frente.  “Experiência ótima a GT Sprint Race. Graças ao convite do Thiago Marques pude voltar a correr ao lado do meu irmão, Rodrigo”, contou. “Aproveitei uma falha do líder para assumir a primeira posição e garantir a primeira vitória mostrou que estamos competitivos. Mas ainda é a primeira corrida e temos muito que aprender ainda”, declarou o piloto.

Na categoria PROAM, o primeiro colocado foi Alex Seid, que reconheceu que contou com a sorte neste sábado. “Foi bem difícil e contei com a sorte. O Kau Machado estava na frente, mas acabou saindo da pista após o acidente com o Beto Cavaleiro. Consegui me manter na pista e vencer. O carro novo é mais rápido e no chão, mas o importante é que consegui vencer no circuito de Cascavel no ano passado, com o modelo antigo, e agora com o novo”, explicou.

Eduardo Menossi, vencedor da divisão AM, ressaltou o empenho e força de vontade para a conquista inédita. “Primeira vitória como quase profissional. Dediquei-me muito e todos que me seguem mundo sabe o quanto eu levo este esporte a sério. Como tudo na vida, quando é batalhado é ainda mais gostoso”, afirmou.

Corrida 1 – Com a competência e a técnica de sempre, o piloto Thiago Camilo (PRO) confirmou seu favoritismo na corrida de abertura da GT Print Race. Em sua estreia na categoria, ele venceu a prova, seguido por Diego Ramos, a 1seg084, e Rodrigo Sperafico, a 3seg045, ambos da divisão PRO.

A etapa começou bastante animada, com boas disputas e até a entrada do carro de segurança, proporcionando momentos distintos. Thiago Camilo não deixou escapar a chance de vitória, saindo na frente e segurando a posição até cruzar a linha de chegada. “Foi uma briga bonita e, no começo, sofri com a pressão do Diego. Começar o campeonato com o pé direito é muito legal”, declarou.

Destaque também para Josimar Junior, vencedor entre os pilotos da categoria PROAM e quarto no geral. “Corrida muito boa, começar o campeonato com vitória é sensacional. Pista difícil, que tive pouco contato no ano passado. Mas já foi importante o primeiro lugar, mostra que estamos competitivos na nova categoria e com o carro novo”, afirmou Josimar.

Já na categoria AM, o melhor foi Luiz Arruda. “Foi suada, mas a vitória veio. A pista estava boa e carro também. Feliz porque deu tudo certo e gostaria de parabenizar a organização pela bela prova”, disse.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Tekbond, Yokohama, Militec1, Sparco, TecPads, Injepro e Fremax.

Fonte: Sig Comunicação

  • Não há comentários cadastrados até o momento!