publicidade
19/04/2019 08:52

2º Campeonato Catarinense de Kart Indoor levou 125 pilotos ao Beto Carrero


Foto: Eduardo Beltrame

O 2º Campeonato Catarinense de Kart Indoor foi disputado no último sábado (13) no Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC), com a participação de pilotos de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Distrito Federal e Bahia. Em um dos prêmios foi uma vaga completa para a disputa do Campeonato Catarinense na categoria F4.

A competição foi dividida em três categorias, Master (80kg), Graduados (95kg) e Super Graduados (110kg), sendo que cada uma delas classificava 15 pilotos para a final da categoria, e os cinco primeiros de cada categoria participavam da final geral, com lastro de 95kg.

A categoria Master foi dividida em dois grupos. O grupo A teve sua primeira classificatória vencida por Felipe Leite, com Tiago Gruske em segundo e Ricardo Salvador na terceira posição. Na segunda classificatória do grupo A, o vencedor foi novamente Felipe Leite, com Matheus Borba no segundo posto e Eduardo Schmidt em terceiro. E a última classificatória do Grupo A teve Eduardo Guidi como vencedor, com Felipe Leite em segundo e Willian Schroder em 3º.

O grupo B da Master teve como vencedor na primeira bateria o catarinense Eduardo Guidi, com Laerton Souza em segundo e Luiz Spricigo na terceira posição. O vencedor da segunda classificatória foi Rafael Santos, com Saul Leite em segundo e Guilherme Fachini na terceira posição. Fechando as classificatórias da Master e do Grupo B, a vitória ficou com Allan Becker, tendo Guilherme Fachini em segundo e Matheus Borba na terceira posição.

Para a final das categorias, os pilotos levavam pontos bônus por sua participação nas classificatórias e Eduardo Guidi foi o campeão catarinense de indoor na Master após conquistar o 1º lugar na final, com Thiago Karsten em segundo. O terceiro lugar ficou com Eduardo Schmidt, tendo Guilherme Fachini em quarto e Luiz Spricigo na quinta posição.

A categoria Graduados também teve uma grande quantidade de boas disputas. Pelo Grupo A, Adriano Carboni venceu a primeira bateria, com Carlos Erwing em segundo e Eduardo Guidi na terceira posição. Na segunda bateria do Grupo A, quem saiu vencedor foi outra vez Adriano Carboni, com Bruno Albino no segundo posto e Eduardo Guidi na terceira posição. A terceira bateria do Grupo A teve vitória de Rodrigo Vieira, com Eduardo Guidi em segundo e José Lellis com o terceiro lugar.

Pelo Grupo B da Graduados, a vitória na primeira bateria ficou com Felipe Leite, com Everson Leite em segundo e Mateus Schreck na terceira posição. Luigi Torres venceu a segunda bateria do Grupo B, com Luiz Vargas em segundo e Gustavo Santos em terceiro. E na última bateria do Grupo B, a vitória ficou com Saul Leite, com Felipe Leite em segundo e Marcelo Magnani na terceira posição.

Para a final da Graduados, quem se sagrou bicampeão catarinense de kart indoor graduados foi o piloto gaúcho Felipe Leite, com o terceiro lugar na bateria final. O vencedor da bateria foi novamente Rodrigo Vieira, o segundo foi Adriano Carboni e o quarto Marcelo Magnani. E Luiz Vargas na quinta posição.

A categoria mais disputada foi a Super Graduados, como já era esperado antes do evento. Com apenas um grupo, a primeira bateria classificatória foi vencida por Rogerio Guerra, com Adriano Carboni em segundo e Fábio Berns em terceiro. Com o grid invertido pelo sorteio, tal como nas outras categorias, a vitória ficou com Luiz Vargas, com Andrei Ramalho na segunda posição e Mauro Blum na terceira posição. A última inversão era pela classificação das duas primeiras baterias, e teve a vitória de Anderson Weiss, com Fábio Benassi na segunda posição e Luiz Vargas em terceiro.

A bateria final da Super Graduados teve vitória de Carlos Andrey. E, graças a segunda posição, Luiz Vargas se tornou campeão catarinense de kart indoor super graduados. O terceiro foi Giovani Novaes, o quarto lugar na bateria ficou com Nito Ramirez e Fábio Benassi foi o quinto.

Com os karts equalizados em um trabalho incrível do Kartódromo Beto Carrero e da Reis Motorsport e com todas as 19 baterias acontecendo sem maiores problemas, o CCKI entrou para a sua bateria final com o total sentimento de dever cumprido, mas o melhor ainda estava por vir em uma bateria cheia de polêmicas e muita emoção.

Os 13 pilotos da final – Eduardo Guidi e Felipe Leite ganharam vagas em duas categorias – fizeram um treino classificatório que já mostrava grande equilíbrio. Marcelo Magnani ficou com a pole e, com um pelotão muito acirrado de seis pilotos, Eduardo Guidi assumiu a ponta da corrida nas primeiras voltas com Luiz Vargas colado nele. Até as três voltas finais os ponteiros não brigaram e mantinham a distância pra o terceiro colocado, Felipe Leite.

Quando a placa de três voltas foi mostrada, Luiz Vargas foi para cima e, em uma confusão entre os ponteiros, Eduardo Guidi e Felipe Leite acabaram batendo, deixando a vitória inédita para Luiz Vargas, que só teve o trabalho de trazer o kart para cruzar a linha, levando o título principal de campeão catarinense de kart indoor para o Rio Grande do Sul. O pódio foi fechado com Carlos Andrey e Thiago Karsten.

O Campeonato Catarinense de Kart Indoor foi um evento que mantém a história do kartismo amador do sul do país em alta, principalmente pela chancela da FAUESC e pelo apoio de diversos parceiros, como Kartódromo Beto Carrero, OMP, Techspeed, RBC Motorsport, Bedin Racing, Zanoello Troféus, Reis Motorsport e Kart Motor. O evento arrecadou mais de 400 quilos de alimentos não perecíveis, que foram doados para instituições da grande Florianópolis.

Fonte: RA Racing

  • Não há comentários cadastrados até o momento!